Menu
Busca sábado, 04 de dezembro de 2021
(67) 99647-9098
Governo Caravana SAude - dez21
Geral

Obama apressa verbas para reação à tempestade Sandy

31 outubro 2012 - 10h27AP

O governo Obama, interessado em mostrar agilidade na reação à tempestade Sandy, disse ter dinheiro suficiente para ajudar prontamente milhões de pessoas prejudicadas pela tragédia nos Estados Unidos. O diretor da Agência Federal de Gerenciamento de Emergências (Fema) observou que o presidente Barack Obama acelerou a liberação de verbas para as áreas mais atingidas pela tempestade, que passou pelos EUA a exatamente uma semana da eleição presidencial.

Craig Fugate, diretor da Fema, disse a jornalistas na terça-feira que foi excepcional que Obama declarasse situação de "grande desastre" em Nova York e Nova Jersey enquanto a catástrofe ainda estava se desenrolando. Isso dá a esses estados assistência financeira federal direta para os indivíduos, como proprietários de imóveis e empresas, que podem solicitar ajuda da Fema.

Na terça-feira à noite, Obama incluiu também Connecticut nessa lista. "Isso é extraordinário, no sentido de que geralmente fazemos avaliações mais minuciosas, e muitas vezes isso demora mais", disse Fugate a jornalistas. Sandy chegou na noite de segunda-feira à Costa Leste dos EUA, na altura de Nova Jersey. A maior tempestade a atingir o país em várias décadas causou inundações e apagões, e o número de mortos já chega a pelo menos 40.

Obama também autorizou "declarações de emergência" para outros estados que vão da Virgínia Ocidental e Massachusetts, e também para o Distrito de Columbia, onde fica a capital, Washington. Essas declarações permitem que a Fema coordene os esforços de auxílio às vítimas, e fornecem a base para uma ajuda federal de US$ 5 milhões - os estados podem negociar acréscimos. A Fema tem pouco mais de US$ 7 bilhões que podem ser rapidamente acessados para ajudar as vítimas. Com aprovação do Congresso, a agência pode liberar mais 11 bilhões de dólares.

Fugate não deu indicações na terça-feira sobre quanto tempo poderá levar o trabalho de limpeza e recuperação após a super tempestade. A Fema ainda está trabalhando em projetos relacionados à passagem do furacão Irene, no ano passado, e o Sandy parece ter causado bilhões de dólares em estragos - o dobro ou até o triplo do prejuízo causado pelo Irene, segundo empresas especializadas nesse tipo de avaliação.

Via Terra

Senar Agrinho dez21

Deixe seu Comentário

Leia Também

Geral
Marília Mendonça fala de problemas com avião na mesma cidade em que morreu; assista
Geral
Homem morre após queda de laje em construção civil
Geral
Família procura por adolescente desaparecida há mais de uma semana
Geral
Paulo Corrêa elogia a Caravana da Saúde
Geral
Menina pede socorro e ajuda para chamar a polícia em prova de escola
Geral
"Vamos usar a vacina Pfizer caso não cheguem as doses da Janssen", diz Geraldo
Geral
Mãe de Marília Mendonça participará de homenagem à filha no Prêmio Multishow
Geral
Casal troca festa de casamento para viajar em motorhome
Geral
Governo de MS sanciona reajuste de 10%
Geral
Governador investe R$ 830 mil em reforma da Casa do Pantanal

Mais Lidas

Polícia
Emocionados, familiares tentam entender a morte de Kennedy em frente de casa no Caiobá
Polícia
Auxiliar de pedreiro morre após ser esmagado por laje de obra
Polícia
Conhecido como “Disciplina do PCC”, jovem é assassinado em MS
Geral
Homem morre após queda de laje em construção civil