Menu
Busca sexta, 14 de agosto de 2020
(67) 99647-9098
TJMS agosto/20
Geral

Obama apressa verbas para reação à tempestade Sandy

31 outubro 2012 - 10h27AP

O governo Obama, interessado em mostrar agilidade na reação à tempestade Sandy, disse ter dinheiro suficiente para ajudar prontamente milhões de pessoas prejudicadas pela tragédia nos Estados Unidos. O diretor da Agência Federal de Gerenciamento de Emergências (Fema) observou que o presidente Barack Obama acelerou a liberação de verbas para as áreas mais atingidas pela tempestade, que passou pelos EUA a exatamente uma semana da eleição presidencial.

Craig Fugate, diretor da Fema, disse a jornalistas na terça-feira que foi excepcional que Obama declarasse situação de "grande desastre" em Nova York e Nova Jersey enquanto a catástrofe ainda estava se desenrolando. Isso dá a esses estados assistência financeira federal direta para os indivíduos, como proprietários de imóveis e empresas, que podem solicitar ajuda da Fema.

Na terça-feira à noite, Obama incluiu também Connecticut nessa lista. "Isso é extraordinário, no sentido de que geralmente fazemos avaliações mais minuciosas, e muitas vezes isso demora mais", disse Fugate a jornalistas. Sandy chegou na noite de segunda-feira à Costa Leste dos EUA, na altura de Nova Jersey. A maior tempestade a atingir o país em várias décadas causou inundações e apagões, e o número de mortos já chega a pelo menos 40.

Obama também autorizou "declarações de emergência" para outros estados que vão da Virgínia Ocidental e Massachusetts, e também para o Distrito de Columbia, onde fica a capital, Washington. Essas declarações permitem que a Fema coordene os esforços de auxílio às vítimas, e fornecem a base para uma ajuda federal de US$ 5 milhões - os estados podem negociar acréscimos. A Fema tem pouco mais de US$ 7 bilhões que podem ser rapidamente acessados para ajudar as vítimas. Com aprovação do Congresso, a agência pode liberar mais 11 bilhões de dólares.

Fugate não deu indicações na terça-feira sobre quanto tempo poderá levar o trabalho de limpeza e recuperação após a super tempestade. A Fema ainda está trabalhando em projetos relacionados à passagem do furacão Irene, no ano passado, e o Sandy parece ter causado bilhões de dólares em estragos - o dobro ou até o triplo do prejuízo causado pelo Irene, segundo empresas especializadas nesse tipo de avaliação.

Via Terra

Senar - agosto2020

Deixe seu Comentário

Leia Também

Geral
Funcionário do Detran testa positivo e alega omissão do órgão
Geral
Vídeo: Tempestade de areia deixa céu vermelho
Geral
Criança e bebê são socorridos por médico após capotamento
Geral
Rotary Club Cidade dos Ipês promove a 1ª Feijoada em sistema drive thru
Geral
Campanha arrecada as primeiras 1 mil bolsas de sangue na capital
Geral
Vídeo - "Não ofenda minha equipe', grita mulher ao quebra obra de Romero Britto
Geral
Jair Renan, "filho 04" do Bolsonaro está com coronavírus
Geral
AO VIVO: Informações sobre o combate aos incêndios no Pantanal
Geral
MS teve 7 serpentes entregues ao CRAS após acidente com naja
Geral
AO VIVO: Atualização de casos de coronavírus em MS

Mais Lidas

Justiça
STF anula demarcação da Fazenda Santa Alice
Geral
Funcionário do Detran testa positivo e alega omissão do órgão
Esportes
Vexame histórico: Bayern “enfia” 8 no Barça na Champions
Brasil
Vídeo: Casal aparece fazendo sexo em reunião virtual de vereadores