Menu
Busca quarta, 16 de outubro de 2019
(67) 99647-9098
Geral

Órgãos se unem para fiscalizar listas de material escolar

Procon-MS, Procon de Campo Grande Sinepe-MS estarão juntos nas fiscalizações

19 dezembro 2018 - 17h18Da redação

Tendo como objetivo principal fiscalizar e apurar possíveis desrespeitos às normas de proteção e defesa do consumidor, neste caso especificamente em relação às exigências de material escolar por estabelecimentos de ensino de Mato Grosso do Sul, que no ato da matrícula dos estudantes apresentam listas de itens a serem adquiridos pelos pais, a Superintendência para Orientação e Defesa do Consumidor (Procon-MS), a Subsecretaria de Proteção e Defesa do Consumidor  (Procon Campo Grande) e o Sindicato dos Estabelecimentos de Ensino de Mato Grosso do Sul (Sinepe-MS) assinaram Termo de Apoio Técnico Operacional, tendo como anuente o Conselho Estadual de Educação de Mato Grosso do Sul.

O documento assinado pelo superintendente do Procon Estadual, Marcelo Salomão; pelo subsecretário do Procon Municipal, Valdir Custódio; pela presidente do Sinepe, Maria da Glória Barcellos; e pelo representante do Conselho Estadual de Educação, Hélio Queiróz Daher; nessa terça-feira (18), estabelece a obrigatoriedade dos estabelecimentos de ensino de todo o Estado (educação infantil, ensinos fundamental e médio) encaminharem as listas ao Sindicato e este as entregarem ao Procon Estadual até o prazo máximo de 21 de janeiro de 2019.

Ao órgão de fiscalização estadual competirá o arquivamento das exigências para consultas futuras. Examinados caso a caso e, se forem constatadas irregularidades nas listas, como exigências excessivas, por exemplo, serão tomadas providências cabíveis. Os estabelecimentos que se negarem ou se omitirem a prestar as informações solicitadas, serão notificados pelos órgãos e, em decorrência serão instaurados procedimentos administrativos.

O superintendente do Procon Estadual, Marcelo Salomão, avalia que “a realização do trabalho conjunto se trata, na realidade, de evolução positiva que vem beneficiar efetivamente os pais, consumidores em potencial que, não raro, se acham prejudicados por escolas que exigem a compra de material em excesso”.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Geral
Aeroporto da capital opera sem cancelamentos e atrasos nesta manhã
Geral
Presidente assina medida que garante 13º do bolsa família
Geral
Campo Grande fica em 4º lugar em premiação nacional de saúde bucal
Geral
Nove pessoas são resgatadas com vida após desabamento de edifício
Geral
Inscrições para processo seletivo do IBGE encerram nesta terça
Geral
Professor cego e cadeirante conta com ajuda de alunos pra lecionar
Geral
Vídeo - Homem perde controle do carro, bate em outro veículo e foge no Montevidéu
Geral
Decreto regulamenta trabalho temporário
Geral
Vídeo - Prédio residencial desaba em Fortaleza
Geral
AO VIVO - Comissão esclarece dúvidas sobre eleição para conselheiros tutelares

Mais Lidas

Cidade
Velório de Antônio Farias, o "Baiano", será esta noite
Polícia
Imagens fortes - Vídeo mostra o "Fodão" executando jovem em bar
Justiça
TJ mantém milícia presa e grupo deve seguir para presídio federal em Mossoró
Geral
Vídeo - Homem perde controle do carro, bate em outro veículo e foge no Montevidéu