Menu
Busca domingo, 22 de setembro de 2019
(67) 99647-9098
Governo Segurança
Geral

Pais precisam de R$ 60 mil para cirurgia da filha e criam “vaquinha virtual”

A menina precisa realizar cirurgia da cranioestenose

25 maio 2019 - 12h23Joilson Francelino

Ricardo Almeida de Andrade e Juliana Giacomeytti Piubeli, pais da garotinha Melissa Piubeli de Andrade, de cinco meses, criaram uma “vaquinha virtual” para arrecadar dinheiro e realizar cirurgia da cranioestenose.

Melissa que é a terceira filha do casal teve a doença diagnosticada recentemente e precisa ser operada antes de completar oito meses de vida, de acordo com informações médicas.

O pai da criança, Ricardo de Almeida Andrade enfatiza que a ideia da criação da rede de ajuda financeira veio após a família saber do tempo que a cirurgia precisa ser realizada, bem como pelos altos custos. “O nosso maior problema é o tempo. Nós não temos tempo, pois os médicos indicam que ela precisa ser operada até o próximo mês para que obtenham melhores resultado. Por isso resolvi pedir ajuda aos amigos, familiares e aos desconhecidos. É importantíssimo que a minha filha passe por essa cirurgia, porque senão pode causar a ela danos cerebrais e estéticos irreversíveis", disse.

Para que a menina consiga passar pelo procedimento cirúrgico em Campinas, interior de São Paulo, é preciso o montante de R$ 60.000. A princípio a cirurgia está marcada para meados do mês de junho.

“Iniciamos ontem nossa campanha pela internet e com apenas um dia já possuímos oito mil reais. Para conseguirmos o valor que precisamos também realizaremos alguns eventos e contamos com a participação de todos”, disse Ricardo.

Quem puder colaborar nesta importante ação pode entrar em contato com o número (67) 9 99215-9754 ou fazer um depósito direto na conta poupança da mãe da criança, no Banco do Brasil; Agência 1873-2; Conta Poupança 6860-8; Variação 51; Juliana Giacometti Piubeli; CPF: 903.323.771-72.

Entenda a deformidade

Uma em cada 2 mil crianças são diagnosticadas com cranioestenose em todo o mundo. Esta é uma deformidade progressiva da cabeça do bebê que se dá pelo fechamento precoce de uma ou mais suturas cranianas – articulações fibrosas que estabelecem ligações entre os ossos desta região. Suas causas podem estar associadas a fatores genéticos e às condições da gestação.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Geral
Mega sorteia neste sábado prêmio de R$ 38 milhões
Geral
Adolescente desaparecida volta para casa
Geral
Gambá é resgatado de incêndio na capital
Geral
UFMS oferecerá 5.220 vagas para os 116 cursos do câmpus
Geral
"Morar Legal", programa renegocia dívidas junto a Agehab
Geral
Reincidente em infrações, Atacadão é autuado novamente pelo Procon
Geral
Ponte desaba em rio e motorista de caminhão fica ferido
Geral
Homem morre após facada no peito
Geral
Sexta-feira começa sem atrasos e cancelamentos no aeroporto
Geral
Pedro Chaves lança livro ‘Refletindo Sobre o Brasil’

Mais Lidas

Polícia
Para fazer ex-mulher sofrer, pai mata filho de 2 anos afogado em bacia
Política
"Devem investigar" diz Reinaldo sobre filho
Polícia
Motorista de aplicativo é encontrado morto 15 dias após desaparecer
Clima
Vídeo - Chuva surpreende campo-grandenses na tarde desta sexta