Menu
Busca quinta, 28 de maio de 2020
(67) 99647-9098
Geral

Páscoa pode ser farta até para quem tem restrições alimentares

Com alguns cuidados, todo mundo pode aproveitar a data

20 abril 2019 - 18h15Rayani Santa Cruz, com informações da assessoria

Quando a Páscoa chega muita gente já se prepara: é tempo de explorar diferentes variedades de ovos de chocolate, mas sem descuidar da saúde. Segundo dados da Organização Mundial de Saúde (OMS), 16 milhões de brasileiros sofrem de diabetes. Quem tem a doença deve restringir a ingestão de açúcares. Há alguns anos, muitas dessas pessoas acabavam passando vontade durante a Páscoa, mas hoje o mercado está repleto de opções sem açúcar. 

Para o nutricionista Emerson Duarte é possível curtir a data sem passar vontade. Alternativas não faltam. "Não costumo restringir os meus pacientes, mas sempre os alerto a optarem pelos ovos com 50 a 70% cacau", pontua. Segundo Duarte, esse tipo de chocolate é uma opção mais saudável e faz muito bem para a saúde. "Melhora o humor, faz bem ao coração, retarda o envelhecimento, melhora o metabolismo e muito mais", enumera.

Na Cacau Show um dos queridinhos dos clientes são os chocolates com gradações diferentes de cacau, tradicionalmente vendidas em tabletinhos. Para a Páscoa a marca oferece um ovo com 70% de cacau. Outra marca bem tradicional que traz versões diet é a Kopenhagen com um ovo de chocolate que ganha um toque de requinte por conta da embalagem.

Os produtos no mercado para quem tem restrições vão além do zero açúcar.  É o que afirma a empresária Ariane Alves, uma das sócias da Biomundo no Shopping Campo Grande. A loja traz variedades naturais para consumo ou mesmo para presentear. “Temos ovos de Páscoa zero adição de açúcar e sem glúten, chocolates sem lactose, sem soja ou gorduras trans e, ainda, bombons com whey protein e colágeno", pontua. Ela afirma que a procura é grande, principalmente de clientes que não querem perder o foco da dieta. “Muitos clientes buscam essas opções pela manutenção do peso, para não engordar mesmo. Mas temos aqueles que nos procuram porque são diabéticos, celíacos ou intolerantes ao glúten e lactose, por exemplo", explica.

Para quem não quer acabar com quilinhos a mais nesse período, o nutricionista Duarte dá o alerta: a Páscoa é só no domingo. Vale também tomar cuidado com o cardápio da confraternização desta data que geralmente é muito calórico. A dica, segundo o profissional, é hidratar-se bastante e, na segunda-feira, voltar à rotina normalmente.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Geral
Há um ano, tragédia que matou o campo-grandense Gabriel Diniz comovia o Brasil
Geral
Mascarado esperando atendimento no CRS Tiradentes diverte pacientes
Geral
Hemosul convoca doadores de sangue afastados pelo frio
Geral
Obras ao redor do Cavaleiro Guaicuru, no Parque das Nações, são retomadas
Geral
Veículos com placa final 1 e 2 devem ter o licencimaneto quitado até dia 31 de maio
Geral
App do Magazine Luiza ganha botão para denunciar violência contra mulheres
Geral
Mandetta entra em “quarentena remunerada” e é proibido de ter cargos privados por 6 meses
Geral
Mega-Sena pode sortear prêmio de R$ 33 milhões nesta quarta-feira
Geral
AO VIVO - José Mauro, da Sesau, presta contas na Câmara
Geral
Com músicos infectados, Zezé e Luciano estão “livres” do coronavírus

Mais Lidas

Geral
Há um ano, tragédia que matou o campo-grandense Gabriel Diniz comovia o Brasil
Economia
Governo quer emprestar US$ 4,01 bilhões de bancos internacionais
Justiça
Ary Raghiant Neto será empossado Vice-Presidente do Conselho de Colégios da OAB do Mercosul
Política
“Não entendo o porquê a Energisa questiona a CPI se não existem irregularidades”, diz Orro