Menu
Busca quinta, 24 de junho de 2021
(67) 99647-9098
Senar - junho21
Geral

PMA corta 106 anzóis de galho no rio Coxim

Monitoramento dos cardumes e a retirada desses petrechos ilegais dos rios impedem a degradação dos cardumes

05 dezembro 2018 - 16h15Da redação com assessoria

Uma equipe da Polícia Militar Ambiental de Coxim, que trabalha na operação Piracema, realiza fiscalização preventiva de monitoramento de cardume no rio Coxim e apreendeu nesta quarta-feira (5) um total de 106 anzóis de galo que são proibidos. Durante o corte dos anzóis, alguns exemplares de peixes, pesando em torno de 15 kg, que estavam vivos presos aos petrechos foram soltos no rio.

Os infratores que armaram os petrechos ilegais não foram localizados e nem identificados. Este tipo de fiscalização é fundamental. O monitoramento dos cardumes e a retirada desses petrechos ilegais dos rios impedem a degradação dos cardumes.

Os infratores armam redes e anzóis pela madrugada, bem como fazem a conferência e retirada de peixes capturados no mesmo período, o que dificulta as prisões, mesmo que as equipes trabalhem durante o período noturno, pois, assim que ouvem barulho de embarcação da fiscalização, fogem pelas matas. Por isso, a retirada desses petrechos, que possuem alto poder de captura é tão importante.

Senar - square junho21

Deixe seu Comentário

Leia Também

Geral
Com resultado final, acadêmicos do Vale Universidade Indígena devem assinar termos
Geral
Motociclista morre ao cair e ser arrastado por 10 metros em Campo Grande
Geral
Covid - morre mais um paciente de MS transferido para SP
Geral
Músico morre esmagado após caminhão invadir preferencial
Geral
Empresário escapa da morte em grave acidente na BR-463
Geral
Autoridades debatem taxa de cartórios
Geral
PMA captura gambá em lixeira de residência e devolve a natureza
Geral
Globo e Drauzio terão que pagar R$ 150 mil ao pai de criança assassinada
Geral
Aos 90, morre "Troncoso"
Geral
Reinaldo defende ampliar vacinação em reunião com governadores

Mais Lidas

Polícia
Mãe confessa que matou bebê de 5 meses afogada, em Campo Grande
Polícia
Bebê de 5 meses foi morta afogada, porque mãe drogada queria tirar 'chip da besta'
Polícia
Bebê de 5 meses morre após suspeitas de violência sexual, em Campo Grande
Polícia
Com câncer em estado avançado, idoso comete suicídio na varanda de casa