Menu
Busca sexta, 22 de outubro de 2021
(67) 99647-9098
TJMS outubro21
Geral

Princípio de incêndio atinge carros da prefeitura

04 novembro 2010 - 09h37
Três veículos da prefeitura de Campo Grande foram atingidos por um princípio de incêndio na madrugada de hoje, por volta da 1h. Os veículos estavam estacionados no Paço Municipal, localizado na avenida Afonso Pena Segundo informações do boletim de ocorrência, durante a madrugada, um taxista e o guarda municipal foram surpreendidos pelo fogo nos veículos, um Gol e duas Kombis Os dois apagaram o fogo e não acionaram o Corpo de Bombeiros. De acordo com a polícia, no local, foi encontrada uma garrafa pet com gasolina, fato que pode indicar que o princípio de incêndio foi criminoso. Os veículos não foram incendiados, mas ficaram com a lateral direita com danos devido ao fogo. O Gol e a Kombi passarão por uma perícia. A polícia investiga o caso.
Unica - primavera

Deixe seu Comentário

Leia Também

Geral
Vídeo - Energisa terá até helicóptero para possível vendaval
Geral
Vídeo - "Seremos eficientes", garante Marquinhos sobre vendaval
Geral
Ministro do TSE fala sobre confiabilidade de urnas eletrônicas ao JD1 Notícias
Geral
Pfizer tem alta eficácia contra Covid em crianças, diz estudo
Geral
Depois da capital, Estado também decreta ponto facultativo dia 1° de novembro
Geral
Ao vivo: Corpo de Bombeiros fala sobre plano de prevenção para tempestade prevista no fim de semana
Geral
Você tem alguma história de terror real legal para contar? Mande para o JD1 Notícias
Geral
Trecho da Rui Barbosa será interditado durante uma semana
Geral
Shoppings da Capital se unem à CDL para ajudar famílias afetadas pelo temporal
Geral
Para custear exame de filho com DMD, mãe faz barras de chocolate para vender

Mais Lidas

Polícia
Homem pula o muro e flagra a ex-mulher com outro e transtornado agride ela e tranca os dois
Brasil
Vídeo: Homem se desespera ao ver que racha com os amigos acabou em morte
Geral
Com oito filhos, mãe anuncia gravidez de gêmeos e dispara: 'queremos mais'
Geral
Pastor embolsa R$ 30 milhões da Igreja Universal e foge