Menu
Busca domingo, 19 de maio de 2019
(67) 99647-9098
Geral

Reestruturado, Patronato Penitenciário da Capital lança sistema informatizado de cadastramento de de

25 novembro 2011 - 17h45Arquivo

O Patronato Penitenciário de Campo Grande – setor da Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário (Agepen) responsável pelo acompanhamento e por dar assistência aos sentenciados da Capital que deixam o regime fechado – vai informatizar todo o sistema de cadastramento de internos. Agora, todos os reeducandos atendidos pela unidade terão suas informações pessoais, fotos e digital, lançados diretamente no Sistema Integrado de Gerenciamento Operacional (SIGO).

A novidade foi lançada na manhã desta sexta-feira (25), durante a solenidade de reinauguração do prédio do Patronato, que passou por obras de reforma. O evento contou com a presença do secretário de Justiça e Segurança Pública, Wantuir Jacini; da promotora de justiça Regina Dornte Broch (23ª Promotoria); da subsecretária da Mulher e da Promoção da Cidadania, Carla Stephanini do superintendente de políticas penitenciárias da Sejusp, Aloysio Franco; e do diretor-presidente da Agepen, Deusdete Oliveira; entre outras autoridades.

Segundo o diretor-presidente da Agepen, além de trazer mais celeridade e praticidade aos trabalhos, a informatização contribuirá para a segurança na fiscalização dos reeducandos nos seus locais de trabalho, já que, com o cadastro, a equipe responsável pela fiscalização fará a identificação dos detentos por meio da digital, com a utilização do leitor biométrico.

"Com a informatização e o lançamento dos dados direto no Sigo, as polícias também serão beneficiadas, pois terão acesso mais rápido às informações quando necessitarem, já que o que for lançado pela equipe, como endereços atualizados, ficará disponibilizado no sistema", comentou.

Após a cerimônia de inauguração, o secretário Wantuir Jacini – acompanhado das demais autoridades – visitou as instalações do patronato e conheceu o sistema de identificação biométrico. Conforme ele, o uso toda tecnologia nas ações de segurança é uma tendência cada vez mais presente no sistema penitenciário. "Prova disso é que estamos estudando junto ao Depen [Departamento Penitenciário Nacional)o uso de tornozeleiras eletrônicas nos internos", comentou.

Para a implantação efetiva do novo sistema, ainda será realizado um mutirão para cadastramento dos custodiados atendidos pelo Patronato Penitenciário de Campo Grande, segundo informou a diretora do local Marisa Delalíbera.

De acordo com a diretora, o Patronato Penitenciário da Capital possui um cadastro ativo de 2067 reeducandos, entre internos em regime semiaberto, aberto, livramento condicional e em prisão domiciliar. "Temos uma média mensal de cerca de 1500 atendimentos; só de internos no mercado de trabalho são 526 atualmente", destacou.

O Patronato Penitenciário é responsável também pelo cadastramento de familiares de reeducandos na Capital e pela confecção da carteira de visitante, documento que dá direito aos parentes dos presos de realizarem visitas nas unidades penais. Segundo Marisa Delalíbera, mensalmente, quase 450 carteiras de visitantes são confeccionadas no local.

Melhorias

Além da implantação sistema de identificação biométrica, a unidade assistencial recebeu outras melhorias. O prédio do patronato passou por reformas, envolvendo a pavimentação da área externa; pintura das paredes; ampliação de duas salas para os atendimentos psicossociais, entre outras ações.

Para a realização das obras, a Agepen contou com o apoio da empresa Pav Tubo, que doou os materiais de construção e mão de obra necessários. A reestruturação do local também envolveu a reorganização dos prontuários criminais com a instalação de 17 novas prateleiras, cedidas pela Associação Cristã Pais e Filhos.

O Conselho da Comunidade de Campo Grande – importante parceiro da agência penitenciária no encaminhamento de reeducandos para o mercado de trabalho – forneceu seis notebooks equipados com webcam e aparelhos biométricos para a implantação do sistema de identificação digital, e ainda doou um computador e duas impressoras, que contribuirão para a qualidade dos serviços prestados pela equipe de servidores.

Homenagens

Durante a solenidade de reinauguração do prédio do patronato Penitenciário, os parceiros das obras de melhoria no local foram homenageados com o cerificado de destaque penitenciário.

Foram agraciados com o título: os representantes da empresa Pav Tubo, Fernando César Morilha Lorenzo e Ivo Alencar; o presidente do Conselho da Comunidade de Campo Grande, Nereu Alves Rios (no ato representado pela diretora financeira do Conselho, Patrícia Ferreira de Lima Pereira) e a assessora de Administração e Finanças da Agepen, Eliane Silva. A condecoração também foi oferecida à presidente da Associação Cristã Pais e Filhos, Edinalva dos Santos Coronel, que não pôde comparecer ao evento.

Fac Feijoada 2019

Deixe seu Comentário

Leia Também

Geral
Mega-Sena pode pagar 7 milhões neste sábado
Geral
Novas medidas deixarão banda larga mais acessível, segundo Anatel
Geral
Vídeo - Após mulher trocar senha do wi-fi, vizinhos apedrajam casa
Geral
Feijoada do FAC terá renda revertida em agasalhos
Geral
Caminhão da Serasa chega a Campo Grande na próxima semana
Geral
UFMS pode paralisar em setembro, diz Marcelo Turine
Geral
Casas Bahia é autuada por publicidade enganosa
Geral
Advogado da capital palestra sobre reforma do Código Penal em Brasília
Geral
Fã da PM, criança recebe visita surpresa em hospital
Geral
Recurso da Uber avisa motoristas quando o passageiro não quer conversar

Mais Lidas

Polícia
Ex-marido esfaqueia mulher em boate ao ver localização em rede social
Geral
Vídeo - Após mulher trocar senha do wi-fi, vizinhos apedrajam casa
Polícia
Homem toma arma de policial, troca tiros com outros e morre em telhado de casa
Internacional
Por engano, funcionário serve vinho de 5.100 euros a clientes