Menu
Busca segunda, 13 de julho de 2020
(67) 99647-9098
Governo dengue 03 - tarde demais
Geral

Reestruturado, Patronato Penitenciário da Capital lança sistema informatizado de cadastramento de de

25 novembro 2011 - 17h45Arquivo

O Patronato Penitenciário de Campo Grande – setor da Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário (Agepen) responsável pelo acompanhamento e por dar assistência aos sentenciados da Capital que deixam o regime fechado – vai informatizar todo o sistema de cadastramento de internos. Agora, todos os reeducandos atendidos pela unidade terão suas informações pessoais, fotos e digital, lançados diretamente no Sistema Integrado de Gerenciamento Operacional (SIGO).

A novidade foi lançada na manhã desta sexta-feira (25), durante a solenidade de reinauguração do prédio do Patronato, que passou por obras de reforma. O evento contou com a presença do secretário de Justiça e Segurança Pública, Wantuir Jacini; da promotora de justiça Regina Dornte Broch (23ª Promotoria); da subsecretária da Mulher e da Promoção da Cidadania, Carla Stephanini do superintendente de políticas penitenciárias da Sejusp, Aloysio Franco; e do diretor-presidente da Agepen, Deusdete Oliveira; entre outras autoridades.

Segundo o diretor-presidente da Agepen, além de trazer mais celeridade e praticidade aos trabalhos, a informatização contribuirá para a segurança na fiscalização dos reeducandos nos seus locais de trabalho, já que, com o cadastro, a equipe responsável pela fiscalização fará a identificação dos detentos por meio da digital, com a utilização do leitor biométrico.

"Com a informatização e o lançamento dos dados direto no Sigo, as polícias também serão beneficiadas, pois terão acesso mais rápido às informações quando necessitarem, já que o que for lançado pela equipe, como endereços atualizados, ficará disponibilizado no sistema", comentou.

Após a cerimônia de inauguração, o secretário Wantuir Jacini – acompanhado das demais autoridades – visitou as instalações do patronato e conheceu o sistema de identificação biométrico. Conforme ele, o uso toda tecnologia nas ações de segurança é uma tendência cada vez mais presente no sistema penitenciário. "Prova disso é que estamos estudando junto ao Depen [Departamento Penitenciário Nacional)o uso de tornozeleiras eletrônicas nos internos", comentou.

Para a implantação efetiva do novo sistema, ainda será realizado um mutirão para cadastramento dos custodiados atendidos pelo Patronato Penitenciário de Campo Grande, segundo informou a diretora do local Marisa Delalíbera.

De acordo com a diretora, o Patronato Penitenciário da Capital possui um cadastro ativo de 2067 reeducandos, entre internos em regime semiaberto, aberto, livramento condicional e em prisão domiciliar. "Temos uma média mensal de cerca de 1500 atendimentos; só de internos no mercado de trabalho são 526 atualmente", destacou.

O Patronato Penitenciário é responsável também pelo cadastramento de familiares de reeducandos na Capital e pela confecção da carteira de visitante, documento que dá direito aos parentes dos presos de realizarem visitas nas unidades penais. Segundo Marisa Delalíbera, mensalmente, quase 450 carteiras de visitantes são confeccionadas no local.

Melhorias

Além da implantação sistema de identificação biométrica, a unidade assistencial recebeu outras melhorias. O prédio do patronato passou por reformas, envolvendo a pavimentação da área externa; pintura das paredes; ampliação de duas salas para os atendimentos psicossociais, entre outras ações.

Para a realização das obras, a Agepen contou com o apoio da empresa Pav Tubo, que doou os materiais de construção e mão de obra necessários. A reestruturação do local também envolveu a reorganização dos prontuários criminais com a instalação de 17 novas prateleiras, cedidas pela Associação Cristã Pais e Filhos.

O Conselho da Comunidade de Campo Grande – importante parceiro da agência penitenciária no encaminhamento de reeducandos para o mercado de trabalho – forneceu seis notebooks equipados com webcam e aparelhos biométricos para a implantação do sistema de identificação digital, e ainda doou um computador e duas impressoras, que contribuirão para a qualidade dos serviços prestados pela equipe de servidores.

Homenagens

Durante a solenidade de reinauguração do prédio do patronato Penitenciário, os parceiros das obras de melhoria no local foram homenageados com o cerificado de destaque penitenciário.

Foram agraciados com o título: os representantes da empresa Pav Tubo, Fernando César Morilha Lorenzo e Ivo Alencar; o presidente do Conselho da Comunidade de Campo Grande, Nereu Alves Rios (no ato representado pela diretora financeira do Conselho, Patrícia Ferreira de Lima Pereira) e a assessora de Administração e Finanças da Agepen, Eliane Silva. A condecoração também foi oferecida à presidente da Associação Cristã Pais e Filhos, Edinalva dos Santos Coronel, que não pôde comparecer ao evento.

PMCG Refis

Deixe seu Comentário

Leia Também

Geral
Funsat encaminha mulheres vítimas de violência ao mercado de trabalho
Geral
Licenciamento de veículos pode ser emitido online
Geral
Blogueira de MS afirma estar com Covid-19 e faz “recebidos” de vitaminas
Geral
Após ser picado por naja, Pedro recebe alta e deve depor na terça
Geral
Caixa paga 1ª parcela do auxílio emergencial para aprovados em junho
Geral
Procon-MS encontra raio-X a R$ 11 em clínica e a R$ 110 na Ultramedical
Geral
Jovem morre após ser arremessada de veículo durante acidente
Geral
Bloqueio na Bolívia continua e fila de caminhões aumenta na Bioceânica
Geral
Emponderamento que chama? Mulher soca homem que a chamou de delícia
Geral
Mega-Sena não tem ganhador e acumula em R$ 44 milhões

Mais Lidas

Brasil
“Bêbada de Curitiba” morre após luta contra o câncer
Brasil
Famoso por velar a mãe sozinho, José morre queimado
Geral
Funsat encaminha mulheres vítimas de violência ao mercado de trabalho
Polícia
MP é contrário a liberdade de jovem que matou namorada em acidente