Menu
Busca quinta, 02 de fevereiro de 2023
(67) 99647-9098
Geral

Sobe para R$ 1.350 salário do empregado de supermercado em MS

Empregados e dependentes também terão o Auxílio Escolar

19 fevereiro 2022 - 10h46Sarah Chaves, com informações da Assessoria

Após acordo firmado  entre a Federação dos Empregados no Comércio e Serviços de Mato Grosso do Sul (Fetracom/MS) e o Sindicato dos Supermercados de MS, os trabalhadores do comércio varejista e atacadista de gêneros alimentícios do estado receberão piso salarial com reajuste de 13,45% retroativos a primeiro de novembro de 2021.

Com isso, o piso passa para R$ 1.350,00 e para quem ganha acima do piso, o reajuste será de 11,08%. De acordo com o presidente da Fetracom-MS, Douglas Rodrigues Silgueiro, a negociação foi considerada um avanço para os trabalhadores, que terão aumento real, além do acumulado da inflação no ano.

Ficou acordado também que as empresas com até 15 funcionários doarão uma cesta básica por mês à Fetracom-MS, que fará o sorteio entre os trabalhadores de cada loja. As empresas com 16 ou mais funcionários, doarão duas cestas básicas para sorteio da mesma forma.

Outra medida em benefício dos trabalhadores será o Auxílio Escolar para empregados e dependentes. Segundo Douglas Silgueiro, as empresas pagarão a seus empregados com dependentes estudantes, matriculados em curso oficial de ensino a partir da série primária, com idade inferior a 16 anos, uma ajuda adicional anual de R$ 400,00 a ser pago em duas parcelas, sendo R$ 200,00 em março e R$ 200,00 em julho.

Nota

A Associação Sul-mato-grossense de Supermercados (AMAS) esclarece que a convenção firmada pela Fetracom/MS para segmento de Supermercados, é válida apenas para os funcionários vinculados à Fetracom nos supermercados de alguns municípios do interior do Estado.

A AMAS esclarece ainda que as negociações dos supermercados da Capital, com os representantes sindicais dos funcionários, são realizadas pelo SINDSUPER - Sindicato do Comércio Varejista de Gêneros Alimentícios de Campo Grande, com apoio da Amas, independente das negociações dos estabelecimentos do interior.

Os municípios que fazem parte da convenção são Água Clara, Alcinópolis, Antônio João, Aral Moreira, Bandeirantes, Brasilândia, Caarapó, Camapuã, Caracol, Cassilândia, Chapadão do Sul, Corguinho, Coronel Sapucaia, Costa Rica, Coxim, Dois Irmãos do Buriti, Figueirão, Inocência, Japorã, Jaraguari, Jatei, Ladário, Novo Horizonte do Sul, Paraíso das Águas, Paranhos, Pedro Gomes, Porto Murtinho, Ribas do Rio Pardo, Rio Negro, Rio Verde de Mato Grosso, Rochedo, Santa Rita do Pardo, São Gabriel do Oeste, Selviria, Sonora, Tacuru, Taquarussu e Terenos
 

Matéria atualizada às 12h44 de 19/02/2022 para adição de esclarecimento da AMAS

Gov Dengue - Jan23 Square

Deixe seu Comentário

Leia Também

Geral
Após medidas, ligações de telemarketing com robôs teve queda de 40%, diz Anatel
Geral
Empresa que trazer de volta à vida o pássaro Dodô, extinto no século XVII
Geral
"Heroizinho", moto socorristas se comovem em resgate de recém-nascido
Geral
JD1TV: Maritaca fica pendurada por linha de pipa em telhado de igreja na Capital
Geral
Atração turística, pesque e solte abre temporada da pesca esportiva em MS
Geral
Obras na BR-163 geram interdições nesta quarta-feira
Geral
Fevereiro tem apenas um ponto facultativo estadual
Geral
Kátia Sarturi é a nova titular da Semadur
Geral
Final Feliz: 'Patolino' é encontrado dias após voar para longe da família
Geral
Acidente? Carro caído em canteiro de córrego na Ernesto Geisel atrai curiosos

Mais Lidas

Cidade
'Sorrisão doce e largo', amigas lamentam morte de Ana Karolina em acidente
Polícia
JD1TV: Recém-nascido é abandonado em caixa no Aero Rancho
Polícia
Motociclista colide em carreta e morre em Campo Grande
Polícia
"Heroizinho", bombeiros se comovem em resgate de recém-nascido