Menu
Busca domingo, 21 de abril de 2019
(67) 99647-9098
Geral

"Semana Nacional de Prevenção da Gravidez na Adolescência" começa nesta sexta-feira

América Latina ocupa o segundo lugar com o maior índice de meninas grávidas entre os 15 e 19 anos de idade

01 fevereiro 2019 - 14h52Marcos Tenório, com assessoria

O dia 1º de fevereiro marca o início da "Semana Nacional de Prevenção da Gravidez na Adolescência". Em análise com o restante do mundo, a América Latina ocupa o segundo lugar com o maior índice de meninas grávidas entre os 15 e 19 anos de idade.

Com o objetivo de prevenir e alertar toda a população jovem dos cuidados que devem ser tomados, a Unimed Campo Grande convidou a ginecologista e obstetra, Rubia Loureiro, para explicar sobre o assunto. Ela comenta que quando a menina se torna mãe com tão pouca idade, o que mais preocupa é como será a vida, já que perdendo grande parte de sua juventude, normalmente, essas adolescentes abandonam a escola ou acabam em relacionamentos conjugais forçados que não oferecem uma boa base e nem estabilidade.

“Elas pulam uma etapa importante da vida. São obrigadas a agirem como adultas de uma hora para outra. Por isso, necessitam de muito suporte para passar por todas essas mudanças e não saírem prejudicadas na vida” esclarece Rubia.

Além de apresentar os riscos comuns de uma gravidez, uma jovem ainda em desenvolvimento emocional e físico pode apresentar elevação da pressão arterial, crises convulsivas e também depressão pós-parto caso não tenha o acompanhamento profissional durante o período gestacional.

“Os riscos para o bebê estão associados aos cuidados ineficientes pela imaturidade materna e falta de estímulos na primeira idade. Comprometendo a saúde física e mental do binômio materno-fetal”, explica a obstetra.

O aumento da vulnerabilidade social de uma mãe precoce é causado, principalmente, pelos fatores como, pobreza, desligamento das atividades do cotidiano e a falta de acesso à informação e a métodos contraceptivos.

A Semana de Prevenção da Gravidez na Adolescência foi criada justamente para informar e conscientizar o máximo de jovens, para que consigam diminuir estes altos índices e também oferecer às mães uma oportunidade de ressocialização, sem preconceitos.

pmcg - prestação de contas

Deixe seu Comentário

Leia Também

Geral
Páscoa pode ser farta até para quem tem restrições alimentares
Geral
Meningite mata jornalista conhecido em MS
Geral
Feriado de Páscoa requer atenção redobrada nas estradas
Geral
Simpósio sobre segurança pública acontece na segunda-feira, na capital
Geral
CCR-MSVia é notificada por falta de guichês de atendimento e troco para usuário
Geral
Sindivarejo realiza treinamento para gestão de e-social em maio
Geral
Sete em cada dez internautas pretendem comprar chocolate na Páscoa
Geral
“Em tempos de crise a solução é inovar”, diz empresária
Geral
Unesul, São Luiz e Eucatur são autuadas por não concederem gratuidade a idosos
Geral
Ministério divulga regras para policiamento comunitário

Mais Lidas

Polícia
Corpo de mulher é encontrado amarrado em árvore às margens da BR-262
Polícia
Homem tem mãos decepadas, na fronteira
Polícia
Ex-radialista é morta com 24 facadas pelo sobrinho
Geral
“Em tempos de crise a solução é inovar”, diz empresária