Menu
Busca segunda, 06 de fevereiro de 2023
(67) 99647-9098
Geral

Semed oficializa nova secretária, secretário-adjunto e superintendência

Os professores Alelis Izabel de Oliveira Gomes e Waldir Leonel foram os nomeados

06 abril 2022 - 16h58Brenda Leitte, com CG Notícias
Sebrae Materia

A nova composição da Secretaria Municipal de Educação (Semed) foi oficializada nesta quarta-feira (6) por meio de decreto da prefeita Adriane Lopes, publicado no Diogrande. A professora Alelis Izabel de Oliveira Gomes foi nomeada como secretária Municipal de Educação, e o professor Waldir Leonel como secretário-adjunto. Com a nova secretária e secretário-adjunto, a Secretaria tem foco na execução das metas para a área da educação, que devem ser implantadas até 2024.

Alelis Izabel de Oliveira Gomes é professora com graduação em Pedagogia e História, com especialização em Metodologia do Ensino e Metodologia do Ensino Superior. Já foi secretária-adjunta municipal de Educação (2006-2010) e diretora escolar por aproximadamente 25 anos. Antes da nomeação ela atuava como superintendente de Gestão e Normas (Sugenor) da Semed e presidente do Conselho Municipal de Educação (CME).

Waldir Leonel é graduado em Ciências Biológicas e Geografia, mestre em Desenvolvimento Local e doutor em Meio Ambiente e Desenvolvimento Regional. É docente concursado da Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul (UEMS) desde 2010. Já foi superintendente de Gestão das Políticas Educacionais na Secretaria de Estado de Educação (SED) e membro do Conselho Estadual de Educação. Desde 2018 era membro do Conselho Municipal de Educação de Campo Grande (MS) e superintendente de Gestão das Políticas Educacionais (Suped), da Semed.

Outra mudança na Secretaria é a criação da Superintendência de Educação Infantil. A estrutura da Semed foi alterada por meio do Decreto n.15.188, publicado na segunda-feira (4).

Metas

Com foco na melhoria da aprendizagem dos alunos da Rede Municipal de Ensino (Reme), especialmente por conta do período pós-pandemia, e do retorno presencial das aulas a partir de 2022, a Reme vai implementar o projeto 5° tempo, com otimização dos componentes curriculares, além do programa de recuperação paralela para crianças com dificuldade de leitura, escrita e matemática.

As unidades escolares já estão realizando avaliações diagnósticas, desde o retorno 100% presencial da Reme, no dia 3 de março de 2022, para identificar a real necessidade dos alunos. Com base neste resultado, cada escola – com apoio da SEMED – vai propor ações específicas, voltadas para a recuperação da aprendizagem dos alunos da Reme.

Sebrae Materia

Deixe seu Comentário

Leia Também

Geral
JD1TV: "Alô, Boate Kiss", cantor ironiza tragédia durante show pirotécnico
Geral
Melhores do ano CG: especialista alerta para golpe no Instagram
Geral
Energisa irá investir mais de R$ 23 milhões no Programa de Eficiência Energética
Geral
"Estamos caminhando para uma guerra mais ampla", diz Secretário-geral da ONU
Geral
JD1TV: Motorista fica ferida após carro cair em 'cratera' no meio da rua em MS
Geral
Comerciantes do Camelódromo pedem por sinalizações e quebra-molas à Câmara
Geral
Yanomamis denunciam o assassinato de três indígenas por garimpeiros ilegais
Geral
JD1TV: Entregador é flagrado abrindo e comendo marmita no centro da Capital
Geral
Riedel dá início às entregas de habilitações pelo CNH MS Social
Geral
BBB 23: Paredão tem Gabriel, Tina e Cézar Black na berlinda

Mais Lidas

Polícia
JD1TV: Corpo é queimado em meio ao lixo no Santa Emília
Polícia
Queimado no Santa Emília foi "embrulhado" em sofá para ser carbonizado
Polícia
Jovem é esfaqueado e tem vísceras expostas no Itamaracá
Polícia
Esfaqueamento no Jardim Itamaracá foi motivado por ventilador roubado