Menu
Busca domingo, 27 de setembro de 2020
(67) 99647-9098
Geral

Sistema de registro biométrico entra em vigor dia 19 nas autoescolas

31 agosto 2011 - 15h33

A identificação biométrica dos alunos para evitar fraudes no curso teórico para obtenção da CNH (Carteira Nacional de Habilitação) será instalada a partir do dia 15 de setembro nas autoescolas de Campo Grande. O treinamento vai até o dia 16, com implantação efetiva no dia 19.

A exigência do sistema iBio foi publicada no início de agosto. Com ele, os alunos serão monitorados por câmera, além de leitura das impressões digitais.

De acordo com a assessoria do Detran (Departamento Estadual de Trânsito), a adesão ao sistema será feita por lotes, de dez em dez centro de ensinos, até chegar aos 46 locais.

No período de um mês, vão funcionar de forma simultânea o sistema tradicional – em que o aluno assina a lista de presença – e o iBio. "Quando estiver em todas, vai ser desligado o sistema antigo", afirma o presidente do sindicato dos CFCs (Centro de Formação de Condutores), Wagner Prado.

De acordo com ele, os centros terão custo entre R$ 300 e R$ 450 para se adequar ao iBio Gerenciamento de Aulas e iBio Validação Biométrica. A poucos dias da implantação e teste do novo sistema, os donos de autoescolas ainda correm atrás da compra do leitor biométrico, que fará a leitura das digitais.

"O aparelho mais caro é o da biometria, que custa uns R$ 300 e vamos ter que comprar", afirma a sócia-proprietária do CFC São Cristóvão, Keila Ferreira Farias.

As dez primeiras autoescolas que terão o sistema implantado são: Alfa, Alternativa, Campo Grande, Grand Prix (Aero Rancho), Grand Prix ( Mata do Jacinto), Kapital Pioneira, Kapital Tiradentes, Lacerda (Jardim Leblon), São Cristóvão e Vitória (Coophavila II).

Novidade - Para abrir a aula, o instrutor vai registrar sua digital no leitor biométrico e, em seguida, todos os alunos. De forma aleatória, no decorrer do tempo previsto de duração do módulo de estudo, o sistema vai sortear algumas pessoas para revalidarem a presença com nova leitura das digitais.

Ao término da aula, todos devem fazer novo registro. A tolerância será de dez minutos depois do horário programado para a aula, com recálculo do tempo.

O Centro de Formação que não cumprir as novas exigências poderá ser punido com advertência, suspensão de atividades, cancelamento do registro e da licença funcional dos profissionais vinculados ou responder processo administrativo.

De acordo com o Detran, depois de Campo Grande, o sistema será implantado em Dourados e Três Lagoas.

Rota do Pantanal

Deixe seu Comentário

Leia Também

Geral
Governo da início ao processo de licitação para restauração do Centro Cultural José Octávio Guizzo
Geral
Vídeo: Fogo no Nabileque consome até ponte
Geral
Motorista morre ao cair em barranco próximo a ponte do grego
Geral
Empresário morre após perder controle do carro na MS-276 e colidir contra uma árvore
Geral
Mega-Sena acumula e prêmio vai para R$ 60 milhões
Geral
Está de volta a castração de felinos pelo CCZ
Geral
Denunciado por som alto, rapaz coloca fogo na casa do vizinho
Geral
Carlos Iglesias causa confusão em restaurante de São Paulo
Geral
"A grande culpa é de Sheiza", diz esteticista denunciada pela morte de estudante brasileira
Geral
Motociclista morre ao perder controle em curva e bater em árvore na praça do Preto Velho

Mais Lidas

Polícia
Operação manda mais 580 pessoas pra casa após toque de recolher
Educação
Audiência pública aponta que não há condições para volta às aulas na Capital
Polícia
Idoso é encontrado morto em valeta
Geral
Governo da início ao processo de licitação para restauração do Centro Cultural José Octávio Guizzo