Menu
Busca segunda, 19 de abril de 2021
(67) 99647-9098
TJMS abril21
Geral

Caso Henry: Solidariedade expulsa sumariamente o vereador Dr. Jairinho

Ele suspeito da morte de seu enteado, o menino Henry Borel Medeiros, de 4 anos de idade

08 abril 2021 - 18h26Brenda Assis, com informações Agência Brasil

O partido Solidariedade decidiu, de forma sumária, expulsar o vereador Dr. Jairinho (RJ). O parlamentar foi preso na manhã desta quinta-feira (8) suspeito da morte de seu enteado, o menino Henry Borel Medeiros, de 4 anos de idade, no dia 8 de março. Também teve a prisão decretada a mãe do menino e namorada do parlamentar, Monique Medeiros.  

“Diante dos novos fatos revelados, a Executiva Nacional do Solidariedade, em conjunto com a Estadual do partido, resolve expulsar, de forma sumária, o vereador Dr. Jairinho”, anunciou a sigla por meio de nota. O vereador já estava afastado e licenciado do partido antes do anúncio de sua prisão realizada hoje.

Também nesta quinta-feira, a Câmara Municipal do Rio de Janeiro anunciou a imediata suspensão do salário de Dr. Jairinho, por ter sido preso, conforme prevê o regimento interno da Casa. Ainda hoje parlamentares do  Conselho de Ética se reúnem, a partir das 18h, para discutir a situação do vereador. 

“A Câmara Municipal do Rio de Janeiro, atenta à gravidade da prisão do Vereador Dr. Jairinho e, como já declarado, consternada com a morte do menino Henry, se reunirá hoje para debater a situação do parlamentar, com a responsabilidade que o caso exige. Embora inexista até o momento representação formulada no Conselho de Ética, será dada toda celeridade que o caso exige”, informou a Casa, por meio de nota.

Investigação

Dr. Jairinho mora com a mãe de Henry em um apartamento de um condomínio da Barra da Tijuca, onde a criança, segundo investigações da Polícia Civil, teria sofrido fortes agressões. O menino tinha passado o fim de semana com o pai, Leniel Borel, que o deixou em casa na noite de 7 de março.

O advogado de defesa do casal, André Barreto, chegou à delegacia logo após a prisão do vereador e da mãe de Henry. Procurado pela reportagem da Agência Brasil, o advogado não respondeu às mensagens.

Em um site criado pelo casal e sua defesa há alguns dias, no entanto, eles dizem ser inocentes e acreditar que “a justiça prevalecerá”.

APP JD1_android

Deixe seu Comentário

Leia Também

Geral
Bolsonaro diz que Fiocruz entrega 18 milhões de vacinas em abril
Geral
Guarda quer identificar quem furtou pé de Manoel de Barros
Geral
Procon-MS multa BMG em quase 60 mil por infrações contra consumidores
Geral
Agetran prorroga suspensão de vistorias para táxis e mototáxis até 30 de abril
Geral
Vídeo: Aluno deixa a câmera ligada enquanto faz sexo durante aula da UFSC
Geral
Detran-MS abre leilão de sucata aproveitável na terça-feira
Geral
Caio, Fiuk e Gil disputam permanência no BBB; quem será o eliminado ?
Geral
Vídeo: pé de Manoel de Barros é arrancado
Geral
UPAs tem 48 clínicos e 13 pediatras na manhã desta segunda-feira
Geral
AO VIVO: Reinaldo forma 254 sargentos da PM

Mais Lidas

Polícia
Jacaré é capturado dando 'rolê' em cidade de MS
Internacional
Estados Unidos inicia vacinação contra a Covid-19 em Nova York
Polícia
Morador de rua tenta matar desafeto a pauladas no interior do Estado
Polícia
Briga por capacete acaba em tentativa de homicídio