Menu
Busca segunda, 28 de setembro de 2020
(67) 99647-9098
Geral

Suspiro aliviado

02 março 2012 - 20h02Reprodução

A ‘família Yotedy’ respira aliviada, após vencer licitação para continuar administrando o prédio onde há 14 anos funciona o Buffet Campo Grande Ltda. “Yotedy” é o nome fantasia do espaço, que na língua guarani significa “estrela” (símbolo utilizado pelo ex-governador Pedro Pedrossian). A licitação que dá direito à continuidade do trabalho exercido por Maria Adelaide de Paula Noronha e Gilberto Petinari foi publicada no Diário Oficial do Estado na manhã desta sexta-feira (2).

A nova licitação surgiu por conta do TAC (Termo de Ajustamento de Conduta), solicitado no ano passado pelas promotoras Cristiane Mourão Leal dos Santos e Cristiane Amaral Cavalcante, sendo o dia 14 de abril de 2012 a data limite do convênio entre o governo e o buffet.  Em entrevista ao Jornal de Domingo de 4 de setembro de 2011, Cristiane Mourão apontou que no novo processo licitatório “o governo do estado pode deixar o processo mais rígido e reformular as cláusulas que há na antiga licitação”.

Desta vez foram três empresas concorrentes. “Não há necessidade de citar o nome dos derrotados. Saímos vencedores justamente por atender a todas as implicações do Ministério Público, por fazermos um trabalho honesto e de excelente qualidade, sempre trazendo o que há de melhor para Campo Grande”, ressalta Maria Adelaide.

Agora o estabelecimento tem direito a mais cinco anos de atividades no prédio público, podendo ser o prazo estendido. 

Recém-reformado, o Buffet Yotedy pode atender até 600 pessoas embaixo e cerca de 750 na parte de cima. “Podemos agora curtir o espaço reformulado com mais tranquilidade e continuar oferecendo sempre o que há de melhor aos nossos clientes. A agenda está cheia para o ano todo, tanto em Campo Grande, quanto em outros municípios do estado”, garante o sócio-proprietário.
Entre os projetos futuros está a abertura de novas unidades na capital e em outras grandes cidades de Mato Grosso do Sul. “Mas ainda é cedo para falar disso. Está tudo no papel”, diz Maria Adelaide.

Petinari não considerou desleal a concorrência com os outros buffets, que contam com atendimento de qualidade e apenas não têm o espaço físico do Prédio das Nações Indígenas. “Investimos no prédio, pagamos uma locação estabelecida pelo governo do estado. Dos 950m2 originais agora o Yotedy já tem mais de 2 mil metros2 de área construída. Foi tudo investimento realizado por nós, incorporado ao patrimônio de Mato Grosso do Sul”.

Em resposta sutil e educada à provocação feita por Deo Rimoli, dono do Buffet concorrente Grand’Mere, que na entrevista concedida ao Jornal de Domingo em 2011 afirmou que os donos do Yotedy haviam “invadido área do parque, derrubando árvores como Ypês”, Petinari e Noronha são categóricos: “Até mesmo tudo o que está plantado ao redor do prédio foi ‘arte’ nossa. Nunca prejudicamos o meio-ambiente em nosso favor”. 

História
A história começou quando Maria Adelaide, que atuava no Hotel Campo Grande, soube que havia um processo de licitação em 28 de novembro de 1997 aberto e, como única concorrente, ela venceu o certame e abriu o então restaurante Yotedy.

No Diário Oficial do Estado de 6 de maio de 1998, a Femap (Fundação Estadual de Meio Ambiente Pantanal) que hoje é o Imasul (Instituto de Meio Ambiente de Mato Grosso do Sul) por meio do extrato de termo de permissão n° 01/98, no objeto da licitação permitiu o uso do prédio para exploração da atividade como restaurante e lanchonete. Com área de 957,6m2, o restaurante deveria funcionar para 200 pessoas. A licitação tinha prazo de vigência de 60 meses a partir da data de assinatura que foi realizada no dia 27 de abril daquele ano.

Serviço
Buffet Yotedy
Rua Antônio Maria Coelho, 6200
Campo Grande - MS
Cep: 79021-170
Telefone: (67) 3326-7834

Rota do Pantanal

Deixe seu Comentário

Leia Também

Geral
Presidente do Comercial, Valter Mangini, morre de coronavírus
Geral
Bombeiros intensificam combate as chamas em reservas do MS
Geral
Motociclista pula da moto em chamas após bater em caminhão
Geral
Leilão do Detran-MS tem mais de 1 mil motocicletas e 157 carros disponíveis
Geral
Governo da início ao processo de licitação para restauração do Centro Cultural José Octávio Guizzo
Geral
Vídeo: Fogo no Nabileque consome até ponte
Geral
Motorista morre ao cair em barranco próximo a ponte do grego
Geral
Empresário morre após perder controle do carro na MS-276 e colidir contra uma árvore
Geral
Mega-Sena acumula e prêmio vai para R$ 60 milhões
Geral
Está de volta a castração de felinos pelo CCZ

Mais Lidas

Polícia
Após agredir a esposa, homem ameaça policiais com pedaço de pau
Educação
Prouni: Inscrições para bolsas remanescentes terminam quarta-feira
Polícia
Ginecologista que assediava pacientes durante consultas é indiciado pela polícia
Polícia
Homem é esfaqueado nas costas durante briga na antiga rodoviária