Menu
Busca terça, 20 de outubro de 2020
(67) 99647-9098
Governo/Dengue
Geral

Tabaco é segunda causa de mortes no mundo

31 maio 2012 - 10h27Reprodução

No Dia Mundial sem Tabaco, lembrado hoje (31), a Organização Mundial da Saúde (OMS) alerta que o uso de produtos derivados do fumo é a segunda causa de mortalidade no mundo, respondendo por um em cada dez óbitos registrados entre adultos. O fumo só perde, em número de mortes, para a hipertensão.

O tema deste ano é Interferência da Indústria do Tabaco. O objetivo é expor e combater tentativas consideradas pela OMS como “descaradas e cada vez mais agressivas” de minar os esforços no controle da substância.

Umas das críticas aborda, por exemplo, ações para acabar com as campanhas de advertências sanitárias que ilustram as embalagens de cigarro. As empresas, de acordo com a OMS, têm processado países, utilizando como argumento tratados bilaterais de investimentos e alegando que as imagens e os dizeres atingem o direito de utilizar marcas legalmente registradas.

Outro problema citado pela entidade trata das tentativas, também por parte da indústria do tabaco, de acabar com leis que proíbem o fumo em locais públicos fechados e que limitam a publicidade de produtos derivados da substância.

O fumo é considerado pela OMS como uma das principais causas preveníveis de morte em todo o mundo. Entretanto, o cenário traçado pelo órgão é de epidemia global, já que o tabaco mata quase 6 milhões de pessoas todos os anos – mais de 600 mil delas são fumantes passivos.

“A menos que tomemos uma atitude, o tabaco vai matar mais de 8 milhões de pessoas [ao ano] até 2030, sendo mais de 80% em países de baixa e média renda”, ressaltou a OMS, em nota.

Via Agência Brasil

CertFica

Deixe seu Comentário

Leia Também

Geral
Energisa rebate Procon e fala em reclamações improcedentes
Geral
Pesquisa mostra falta de cerveja nas prateleiras dos supermercados
Geral
Proprietária de frigorífico tem a mão presa em moedor de carne
Geral
Vídeo - Homem é filmado por vizinhos fazendo "cavalinho de pau", no bairro Sayonara
Geral
Procon já recebeu mais 15 mil reclamações este ano; Energisa lidera ranking
Geral
Jade Magalhães confirma término do noivado com Luan Santana
Geral
Com Covid-19, sambista Jorge Aragão está na UTI
Geral
Versão online do cartão do SUS está disponível no MS Digital; veja como usar
Geral
UEMS vai ofertar mais de 400 vagas para cursos de graduação a distância
Geral
Professor envia foto nu para grupo de alunos do fundamental

Mais Lidas

Geral
Energisa rebate Procon e fala em reclamações improcedentes
Internacional
Jovem é presa tentando entrar com dinamite em presídio onde estão membros do PCC
Política
Ibope - Gestão de Marquinhos tem 52% de aprovação e 16% de rejeição
Política
Projeto do marco legal das startups é encaminhado ao Congresso