Menu
Busca quinta, 16 de setembro de 2021
(67) 99647-9098
TJMS setembro21
Geral

Tribunal confirma que médico de Michael Jackson foi culpado por sua morte

16 janeiro 2014 - 10h40Via Uol
Um tribunal da Califórnia (EUA) rejeitou nessa quarta-feira (15) o recurso apresentado pelo médico Conrad Murray, condenado pela morte do cantor Michael Jackson em 2009, e ratificou que há "evidências suficientes" para culpá-lo pela morte do artista.

A decisão do tribunal de apelações do segundo distrito da Califórnia chega apenas três meses depois que Murray deixou a prisão após ter cumprido quase a metade de sua pena de quatro anos.

Murray, de 60 anos e preso em Los Angeles (Califórnia), se utilizou de uma nova lei penitenciária desse estado que permite que os internos que não são considerados perigosos descontem um dia de pena por cada dia de boa conduta, o que reduziu seus quatro anos pela metade.

O médico, que sempre afirmou ser inocente apesar de ter reconhecido que cuidava de Michael com sedativos, poderia ter recuperado sua licença médica se os tribunais tivessem aceitado suas apelações.

Em uma sentença de 68 páginas, o tribunal da Califórnia ratificou a conveniência da condenação de quatro anos por existirem "evidências suficientes" da culpabilidade de Murray.

"Fica demonstrado que o senhor Jackson foi uma vítima vulnerável e que (Murray) estava em uma posição de confiança e violou essa relação de confiança ao descumprir as normas de uma conduta profissional adequada em vários sentidos", escreveu o tribunal em sua argumentação.

O médico foi mandado para a prisão em novembro de 2011, depois que um júri determinou que ele foi o responsável direto pela morte de Michael.

Segundo a sentença emitida então, Murray cometeu negligências graves no cuidado de seu paciente, erros que foram tipificados como homicídio culposo.

Michael Jackson morreu no dia 25 de julho de 2009 por uma overdose de anestésicos que usava para dormir, remédios estes que lhe eram fornecidos por Murray, que havia sido contratado em acordo com a promotora AEG como seu médico particular para acompanhá-lo em Londres, onde voltaria aos palcos.
Unica - inverno

Deixe seu Comentário

Leia Também

Cidade
"Esse é o novo normal", diz Marquinhos Trad sobre flexibilizações
Geral
Desempenho de MS na Paralimpíada faz governo ampliar bolsa a atletas do estado
Geral
Estudo aponta que queimadas no Pantanal mataram 17 milhões de animais em 2020
Geral
Ao vivo: Bebê transmite mãe tomando banho no Facebook
Geral
Servidor da prefeitura que filmava colegas em banheiro é demitido
Vídeos
Vídeo: Inês Brasil é ‘expulsa’ de “A Fazenda” e viraliza nas redes sociais
Geral
Vencendo a Covid: Hospital da Cassems tem zero paciente internado com a doença
Geral
Em evento, Ambev lançou a cerveja Spaten na capital
Geral
Fontes afirmam que Pastor Junior Lopes tinha mais problemas
Geral
Idoso de 86 anos com Alzheimer desaparece no Carandá Bosque

Mais Lidas

Polícia
Corpo é encontrado esquartejado em sacos de lixo
Geral
Ao vivo: Bebê transmite mãe tomando banho no Facebook
Polícia
Jovem é presa por morder enfermeira na UPA do Coronel Antonino
Polícia
Mulher agredida com barra de ferro em espetinho no Aero Rancho contesta versão dada pelo dono