Menu
Busca domingo, 22 de maio de 2022
(67) 99647-9098
Tjms Maio22
Geral

Você viu Alemão? Gato desapareceu no CCZ da Capital

Qualquer informação sobre o Alemão, pode entrar em contato com a família pelo número: (67) 99605-7777

21 janeiro 2022 - 14h14Taynara Menezes

Branco, dos alhos azuis, o gato de 1 ano, batizado como Alemão, desapareceu na tarde dessa quinta-feira (20) no CCZ (Centro De Controle De Zoonoses) de Campo Grande. O animal estava internado para castração. A família está indignada com a falta de assistência do órgão. 

De acordo com Rogério Carvalho, 46 anos, o gato é do seu pai, de 77 anos, tratado como o xodó ele não sabe como dar a notícia para o idoso. "Meu pai criou ele desde bebê, eu nem sei como contar pra ele isso porque o gato era companheiro dele e eu não sei ainda como ele vai reagir ao saber disso" lamenta. 

Rogério levou o gato, por volta das 16h, pois já tinha agendado a castração no local, Alemão foi levado na caixa de transporte própria para gato. Chegando lá, os funcionários passaram o gato para uma outra caixa e levaram para a parte interna do CCZ. Instantes depois, os funcionários voltaram informando que o gato havia fugido. 

Conforme a família relata que o gato é docil e manso, mas ficou agitado com o ambiente novo. Inconformado, Rogério reclama da falta de ajuda prestada pelo órgão. Ele acredita que o gato tenha escapado para o matagal ao lado do CCZ.

"Eu não sei o que fizeram lá dentro que ele fugiu, é um desrespeito, desde ontem eu to procurando naquele matagal. Eles disponibilizaram um funcionário, mas ele só deu uma voltinha e foi embora. Eu fiquei procurando até anoitecer e ainda voltei hoje pela manhã para continuar as buscas, mas infelizmente nem sinal dele" explica.

A família registrou um boletim de ocorrência e pretende processar o Centro de Controle de Zoonoses. 

Em nota, a Coordenadoria de Controle de Zoonoses (CCZ) esclarece que o desaparecimento do animal foi uma fatalidade e um caso isolado. Ocorre que o gato, que estava sendo recebido para passar pelo procedimento de castração, estava extremamente agitado e, com isso, conseguiu romper as travas da caixa de transporte que era do tutor do animal e escapou. Imediatamente foi montada uma equipe com servidores do órgão para realizar as buscas nas dependências da UFMS, para onde ele teria se dirigido.

O órgão está empenhado em recuperar o animal e dando todo o suporte ao proprietário, mantendo ainda as buscas na região, inclusive com a instalação de armadilhas próprias para a captura de felinos. O CCZ lamenta o ocorrido e destaca que esta situação serve de alerta para que os tutores levem o animal ao órgão em caixas de transporte seguras, para evitar ocorrências semelhantes.

(Matéria editada às 14h33 para acréscimo de informações)

Deixe seu Comentário

Leia Também

Geral
Prefeito de Pedro Juan Caballero morre após atentado
Geral
Com 80 lotes de veículos, Detran-MS abre leilão para sucata inservível e aproveitável
Geral
O drama de Delinha
Geral
Campanha do Agasalho: saiba onde doar itens de inverno para cães e gatos na Capital
Geral
Sextou sem dindin: Caixa e Nubank apresentam instabilidade
Geral
Mãe entra em trabalho de parto e bebê nasce na BR-163 na Capital
Geral
Unicef critica aprovação da educação domiciliar na Câmara
Geral
Gusttavo Lima para carro e aplaude fã que cantava sua música; vídeo
Geral
JD1TV: "Motivo de orgulho", diz Longen em comemoração à indústria
Geral
Sérgio Martins toma posse hoje na Academia de Letras de MS

Mais Lidas

Polícia
Assassinato de jovem no Aero Rancho pode ter sido motivado por vingança
Polícia
JD1TV: Jovem de 21 anos é morto a tiros no Aero Rancho
Geral
O drama de Delinha
Polícia
Motociclista que morreu após acidente na Joaquim Murtinho não tinha CNH