Menu
Busca sexta, 19 de abril de 2019
(67) 99647-9098
Justiça

Banco é condenado a pagar R$ 5 mil ao realizar empréstimo sem autorização

O Tribunal de Justiça condenou o banco por contratação indevida de empréstimo

22 janeiro 2019 - 10h50Da redação

Uma agência bancária de MS foi condenada a pagar uma indenização no valor de R$ 5 mil, depois de ter realizado um empréstimo sem autorização da titular da conta. Na época o valor de R$ 2.200,00 foi “emprestado” a uma idosa pensionista do INSS com parcelas dividas em 60 vezes, totalizando o valor de R$ 3.963,00.

A aposentada descobriu o tramite após consultar o extrato da conta e entrou com uma ação na Justiça por dano moral. Os desembargadores da 3ª Câmara Cível julgaram procedente a ação, haja vista que a idosa não havia solicitado e recebido o dinheiro.

Já a instituição financeira alegou que a pensionista tinha ciência do empréstimo e das cláusulas do contrato. No entanto, o banco não apresentou quaisquer provas confirmando o apontado, não demonstrou a realização do saque pela idosa, tampouco a comprovação do depósito da quantia na conta da mesma.

O desembargador Fernando Mauro Moreira Marinho, ressaltou o não recebimento de provas sobre contratação, nem a disponibilização do valor à apelada, como também manteve a declaração de inexistência de relação jurídica entre as partes.

“Desse modo, consideradas tais circunstâncias, as peculiaridades da demanda e da situação econômica e social das partes, bem como os precedentes desta Corte em casos análogos, tenho que a decisão de primeiro grau deve ser mantida, eis que fixou o valor da indenização por danos morais em R$ 5.000,00, dentro da razoabilidade e proporcionalidade e em conformidade com precedentes desta Corte”, concluiu o desembargador.

pmcg - prestação de contas

Deixe seu Comentário

Leia Também

Justiça
Zaloar Murat será empossado como desembargador na quarta-feira
Justiça
Julgamento de juiz é adiado
Justiça
Ação penal contra Puccinelli é suspensa pelo TRF3
Justiça
Inquérito para apurar ofensas a ministros do STF é arquivado
Justiça
Tânia Borges permanece afastada do cargo
Justiça
Segunda Turma do STF vai julgar novo HC de Lula
Justiça
MP terá nova postura em investigações
Justiça
Jurado passa mal e juiz cancela julgamento de PRF que matou empresário
Justiça
Juíza proíbe governo de “retirar” radares de rodovias federais
Geral
Manifestantes dão apoio ao PRF que matou empresário

Mais Lidas

Polícia
Empresário e funcionário morrem eletrocutados durante trabalho
Justiça
Julgamento de juiz é adiado
Polícia
Motorista é encontrado morto com 14 facadas
Justiça
Ação penal contra Puccinelli é suspensa pelo TRF3