Menu
Busca quarta, 16 de junho de 2021
(67) 99647-9098
FIEMS - julho21
Justiça

Banco é condenado a pagar R$ 5 mil ao realizar empréstimo sem autorização

O Tribunal de Justiça condenou o banco por contratação indevida de empréstimo

22 janeiro 2019 - 10h50Da redação

Uma agência bancária de MS foi condenada a pagar uma indenização no valor de R$ 5 mil, depois de ter realizado um empréstimo sem autorização da titular da conta. Na época o valor de R$ 2.200,00 foi “emprestado” a uma idosa pensionista do INSS com parcelas dividas em 60 vezes, totalizando o valor de R$ 3.963,00.

A aposentada descobriu o tramite após consultar o extrato da conta e entrou com uma ação na Justiça por dano moral. Os desembargadores da 3ª Câmara Cível julgaram procedente a ação, haja vista que a idosa não havia solicitado e recebido o dinheiro.

Já a instituição financeira alegou que a pensionista tinha ciência do empréstimo e das cláusulas do contrato. No entanto, o banco não apresentou quaisquer provas confirmando o apontado, não demonstrou a realização do saque pela idosa, tampouco a comprovação do depósito da quantia na conta da mesma.

O desembargador Fernando Mauro Moreira Marinho, ressaltou o não recebimento de provas sobre contratação, nem a disponibilização do valor à apelada, como também manteve a declaração de inexistência de relação jurídica entre as partes.

“Desse modo, consideradas tais circunstâncias, as peculiaridades da demanda e da situação econômica e social das partes, bem como os precedentes desta Corte em casos análogos, tenho que a decisão de primeiro grau deve ser mantida, eis que fixou o valor da indenização por danos morais em R$ 5.000,00, dentro da razoabilidade e proporcionalidade e em conformidade com precedentes desta Corte”, concluiu o desembargador.

Vai di Vinho

Deixe seu Comentário

Leia Também

Justiça
STJ mantém André réu na 'Coffe Break'
Justiça
Com recurso negado, Comércio terá mais uma tentativa para barrar decreto
Justiça
Justiça discute na quarta, recurso da Energisa que barra perícias
Justiça
TJMS distribuiu mais de 6 mil processos em maio
Justiça
Comércio formaliza mandado de segurança para barrar decreto do Prosseguir
Justiça
STF começa a julgar pedidos para suspender Copa América no Brasil
Justiça
No MS, quem maltratar animais pode pagar até R$ 8,1 mil
Justiça
STF decide que magistrados podem comandar Lojas Maçônicas
Justiça
Testemunha diz que foi "coagida" a mentir sobre 'Coffee Break'
Justiça
Intubado, Jamil Name tem prisão relaxada

Mais Lidas

Cidade
Foi selecionado? Prefeitura convoca 51 candidatos aprovados em seleção
Geral
Dois meses após vencer a Covid-19, médico ainda se recupera e agradece orações
Brasil
Polícia encontra corpo de ex-parceiro de dupla de Cristiano Araújo
Economia
Auxílio Emergencial: Governo antecipa pagamento da 3ª parcela; veja novas datas