Menu
Busca terça, 19 de janeiro de 2021
(67) 99647-9098
Governo Futebol
Justiça

Candidatos à magistratura de MS participam de provas até dia 2

Dos 401 candidatos apenas 43 não compareceram a prova

01 novembro 2020 - 16h21Matheus Rondon com informações da assessoria

Neste domingo (1º), no período matutino, foi realizada a prova de sentença cível e na segunda-feira (2)será a vez de os candidatos se submeterem à prova de sentença criminal. As provas da segunda etapa, nos três dias, estão sendo realizadas no prédio da Uniderp – Universidade Anhanguera.

De acordo com o edital, integram a segunda fase do concurso a prova discursiva, realizada no sábado (31), além das provas de sentença cível e criminal. Dos 401 candidatos aprovados para a segunda etapa de provas do 32º Concurso da Magistratura do Tribunal de Justiça de MS, apenas 43 não compareceram, o que significa abstenção de pouco mais de 10%. O edital que retomou o cronograma do certame foi publicado no Diário da Justiça nº 4589.

Para os três dias de provas, a comissão organizadora do certame assegurou que os candidatos fossem submetidos a todas as medidas de proteção para evitar o contágio e disseminação do coronavírus. Assim, a disposição das carteiras observaram as regras do distanciamento necessário, álcool gel foi disponibilizado na entrada das 18 salas utilizadas para as provas, e todos usaram máscaras.

 Estava permitida a utilização de escudo facial, porém com uso simultâneo da máscara. A retirada do item de proteção só pode ser efetivada com autorização do fiscal e para casos específicos, como ingestão de água ou alimento e substituição pelo tempo de uso prolongado. Os candidatos que desrespeitarem as regras de biossegurança ou qualquer das outras dispostas no item referente às normas sanitárias de prevenção, serão retirados do local de provas e excluídos do concurso público.

O primeiro dia ocorreu sem incidentes e os desembargadores Claudionor Miguel Abss Duarte, Dorival Renato Pavan e Ruy Celso Florence Barbosa, além do juiz Fernando Chemin Cury e do advogado Fábio Nogueira Costa (OAB/MS), que integram a comissão do concurso, passaram toda a tarde no local de provas para garantir que nenhuma dúvida dos candidatos ficasse sem solução imediata.
 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Justiça
Eleitor tem até esta semana para justificar ausência no 1º turno
Justiça
Luísa Sonza é processada por suposto ato racista e nega as acusações
Justiça
Dois anos depois, ex-diretor do Hospital Regional é inocentado
Justiça
Sem provas, MPE inocenta Jamil Name e conselheiro do TCE da morte de delegado
Justiça
Consórcio Guaicurus terá que pagar R$ 10 mil a idosa que se machucou no ônibus
Justiça
Empresária acusada de racismo paga R$ 10 mil e "se livra" da cadeia
Justiça
STF decide que amante não tem direito de dividir pensão com viúva
Justiça
Advogados peticionam contra "lentidão" no TJ, que se diz "surpreso"
Justiça
Vice-presidente do TJMS recebe homenagem no COPEJE
Justiça
Assassino do menino Kauan deve pagar R$ 100 mil a outra vítima de abusos

Mais Lidas

Polícia
Jacaré é capturado dando 'rolê' em cidade de MS
Internacional
Estados Unidos inicia vacinação contra a Covid-19 em Nova York
Polícia
Morador de rua tenta matar desafeto a pauladas no interior do Estado
Polícia
Briga por capacete acaba em tentativa de homicídio