Menu
Busca domingo, 09 de agosto de 2020
(67) 99647-9098
Governo 03
Justiça

Caso Danúbio Azul – Claudinei, comparsa de Nando, vai a júri popular pela morte de Malu

O julgamento está marcado para a próxima quinta-feira, pela 1ª Vara do Tribunal do Júri

03 setembro 2019 - 15h51Da redação, com informações da assessoria

Claudinei Augusto Orneles Fernandes será julgados na próxima quinta-feira (5) pela morte de Aparecida Adriana da Costa, a Malu. Ele é acusado de, junto com Luiz Alves Martins Filho, o Nando, assassinar a jovem.

De acordo com a denúncia, na noite do dia 2 de agosto de 2014, nas proximidades do “lixão” [aterro localizado na rua dos Astronautas, Jardim Veraneio] os acusados juntamente com um adolescente mataram a Malu.

Eles teriam agredido a menina com uma correia de máquina de lavar roupas, a estrangulado e, em seguida, o adolescente teria utilizado de um instrumento perfurante e desferido golpes contra a vítima. Segundo a acusação, o crime teria sido cometido por motivo torpe, uma vez que a vítima estaria praticando furtos na região.

Após o homicídio, narra a denúncia que os acusados esconderam o corpo da vítima embaixo de folhas e restos de material de construção, deixando-a em local que era utilizado como descarte de entulhos, com a finalidade de ocultar o corpo.

Claudinei será submetido a júri popular acusado de homicídio qualificado por motivo torpe, meio cruel, dissimulação, ocultação de cadáver e corrupção de menores. O réu responde ao processo preso preventivamente.

Vacinne

Deixe seu Comentário

Leia Também

Justiça
Paraguai não acha provas contra Ronaldinho e ex-jogador pode ser inocentado
Justiça
“Se não contermos a pandemia, colapso na Saúde é invitável”, diz defensor-geral de MS
Justiça
AO VIVO: Audiência de “fechamento” termina sem acordo
Justiça
AO VIVO: Audiência do “fechamento”, o que pensam as partes?
Justiça
Juiz barra presença de vereador em reunião de conciliação
Justiça
Indústria terá assento em audiência amanhã sobre “fechamento” da capital
Justiça
Justiça: Drogasil terá que indenizar cliente por assédio de atendente
Justiça
Caso Prior: Delegada encerra inquérito de suposto estupro
Justiça
Suspeito de ajudar milícia, delegado Obara é solto pela Justiça
Justiça
Justiça quer diálogo antes de decidir sobre “fechamento”

Mais Lidas

Política
Bolsonaro nomeia Temer como chefe da missão de ajuda ao Líbano
Polícia
Colisão entre motocicleta e carro causa a morte de professora em MS
Saúde
UPAs terão 16 pediatras atendendo pela manhã e a tarde, veja onde encontrá-los
Cidade
Obras na Ernesto Geisel serão retomadas amanhã