Menu
Busca segunda, 27 de janeiro de 2020
(67) 99647-9098
Perkal Topo - janeiro-20
Justiça

Defesa quer que Name Filho volte para a capital

Jamilzinho foi tranferido para Mossoró, Rio Grande do Norte

06 novembro 2019 - 11h34Da redação

A defesa de Jamil Name Filho, o Jamilzinho, pediu na quarta-feira (5) o retorno do preso para o Presídio Federal de Campo Grande. Ele foi transferido na mesma data para a unidade federal de Mossoró, no Rio Grande do Norte.

No pedido, a defesa pede também a revogação do Regime Disciplinar Diferenciado, no qual seu cliente foi submetido no último dia 12 de outubro, por supostas ameaças a vida do titular da Delegacia Especializada de Repressão a Roubo a Banco, Assalto e Sequestro (Garras) delegado Fábio Peró.

Em sua argumentação, a defesa sustenta que as informações colhidas pelas autoridades policiais que “provam” o plano de execução não foram juntadas nos autos. “É evidente, portanto, que a medida imposta já acautelou o suposto interesse arvorado no requerimento, o que torna totalmente injusto e incoerente  e também dispendioso ao erário público a transferência para Mossoró”, diz parte do documento onde a defesa questiona: “qual a razão de ser Mossoró?”.

O documento foi encaminhado a 1ª Vara de Execução Penas de Campo Grande. Devido à gravidade das denúncias contra o acusado, a Justiça deve escutar o Ministério Público antes de decidir sobre o pedido.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Justiça
Criação de vagas de desembargador em MS é questionada pela OAB
Justiça
Assistente pedagógico é condenado a 12 anos por estupro de vulneráveis
Justiça
Internos farão manutenção de espaços públicos de Campo Grande
Justiça
STJ nega HC e Jamil segue preso em Mossoró
Justiça
Lei anticrime entra em vigor nesta quinta-feira
Justiça
MP acusa ex-presidente da Vale e outras 15 pessoas por 270 homicídios
Justiça
OAB quer esclarecimento do BNDES sobre auditoria de R$ 48 milhões
Justiça
Defesa diz que Valler não usou cocaína e que droga era de veterinária morta
Justiça
Em nota, MPF justifica mudança para Dourados, mas não responde sobre diárias
Justiça
Depois da “fuga” de Ponta Porã, MPF evita responder sobre diárias para idas à fronteira

Mais Lidas

Geral
Assassino de florista permanece na Santa Casa
Polícia
PRF e PM prendem meia tonelada de maconha durante abordagem na BR-163
Oportunidade
Funtrab divulga mais de 2,5 mil oportunidades de emprego no Estado
Saúde
Prefeitura entrega obra de revitalização da base do SAMU