Menu
Busca quinta, 24 de junho de 2021
(67) 99647-9098
Justiça

Funcionária de conveniência é multada em R$ 3 mil por vender vodka a adolescente

A mulher tentou se livrar da condenação dizendo que a multa deveria ser dos donos

26 outubro 2020 - 15h15Matheus Rondon com informações do TJ

A funcionária de uma conveniência de Glória de Dourados deverá pagar multa no valor de R$ 3 mil por vender bebida alcoólica para um adolescente. A mulher tentou se livrar da condenação dizendo que a ação deveria ser para os donos do local, não dela.

Segundo informações do processo, na véspera do dia das mães de 2016, a funcionária vendeu um litro de vodca para um jovem de 17 anos. O adolescente dividiu a bebida com duas amigas, também menores, uma delas passou mal por exagerar na bebida, precisando ser hospitalizada.

O Ministério Público, então, apresentou ação criminal requerendo sua condenação e a aplicação da multa administrativa presente no Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA).

Para o relator do recurso, Des. Divoncir Schreiner Maran, a legislação não traz particularidades sobre quem é o autor da infração no caso de menor obter produto, cujo acesso lhe é proibido. Assim, “o sujeito ativo pode ser qualquer pessoa que vender bebida alcoólica a menor”.

Quanto ao valor da indenização, o desembargador entendeu razoável, tendo em vista que foi fixado no mínimo legal e concedido o direito a seu pagamento parcelado.

Senar - square junho21

Deixe seu Comentário

Leia Também

Justiça
Deputado é preso novamente após desrespeitar medida judicial
Justiça
O "Facilitador" promete, não cumpre, e agora enfrenta a justiça
Justiça
Por quatro votos contra três, militar que matou marido é absolvida
Justiça
Ministério Público quer a quebra de sigilo telefônico de ex-comandante da PM
Justiça
Processo em pauta no STF vai moldar a disputa por terras no Brasil
Justiça
Julgamento presencial volta com caso de militar que matou marido
Justiça
Audiência de conciliação sobre pandemia na capital é cancelada
Justiça
Justiça determina audiência sobre pandemia na terça-feira
Justiça
Funcionários denunciam Hospital Adventista por intolerância religiosa
Justiça
Energisa perde e Justiça permite que medidores sejam periciados

Mais Lidas

Polícia
Mãe confessa que matou bebê de 5 meses afogada, em Campo Grande
Polícia
Bebê de 5 meses foi morta afogada, porque mãe drogada queria tirar 'chip da besta'
Polícia
Bebê de 5 meses morre após suspeitas de violência sexual, em Campo Grande
Polícia
Com câncer em estado avançado, idoso comete suicídio na varanda de casa