Menu
Busca domingo, 20 de setembro de 2020
(67) 99647-9098
Aguas - super banner
Justiça

Judiciário retoma gradativamente as atividades presenciais nesta terça

O presidente do TJMS, Paschoal Leandro, ressaltou que foram adotadas todas as medidas necessárias para a segurança do público

08 setembro 2020 - 11h13Sarah Chaves, com informações da assessoria

O retorno de magistrados e servidores  nos serviços presenciais no Poder Judiciário de Mato Grosso do Sul, começam gradualmente a partir desta terça-feira (8), conforme publicado na Portaria 1.828 no Diário da Justiça.

Nesse primeiro momento, o horário do expediente será das 12h às 19h e cada pessoa que entrar em um prédio da Justiça deverá obedecer às regras de biossegurança.

Magistrados, servidores e estagiários que fazem parte de grupos de risco poderão manter o trabalho remoto até que haja situação de controle da Covid-19 que autorize o retorno seguro ao trabalho presencial, mesmo com a retomada das atividades presenciais nesta terça.

O acesso às dependências do Poder Judiciário Estadual será prioritariamente para o público interno, mantido, preferencialmente, o atendimento virtual para o público externo, enquanto perdurar o risco de contágio da Covid-19.

A presença física do público externo, é somente quando for inviável a realização pela via remota ou virtual, e deverá ser previamente agendada com o setor competente.

O Des. Paschoal Carmello Leandro, presidente do Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul (TJMS), ressaltou que todas as medidas necessárias para resguardar a segurança do público que busca a justiça, magistrados e servidores foram adotadas. “Nesta primeira fase presencial objetivamos que sejam realizados os atos processuais envolvendo pessoas no cárcere, crianças e adolescentes em instituições de acolhimento ou em medidas socioeducativas, na verdade, processos que não puderam tramitar única e exclusivamente em razão da pandemia. Editamos uma portaria para regulamentar a retomada gradual das atividades presenciais, nosso plano de biossegurança foi aprovado nos âmbitos municipal e estadual, e estamos fazendo todo o possível para não comprometer o trabalho preventivo realizado anteriormente”, disse o magistrado.

O retorno gradual dos serviços presenciais será de até 30% dos usuários da respectiva unidade judiciária ou administrativa, por recinto de trabalho.Todos serão submetidos à descontaminação de mãos, com utilização de álcool 70º e aferição de temperatura corporal. Fica vedado o ingresso de pessoas sem máscaras faciais, com temperatura corporal igual ou superior a 37,8ºC, que recusarem submeter-se à aferição da temperatura corporal e/ou que apresentarem sintomas visíveis de doença respiratória.

A partir de hoje, fica autorizada apenas e excepcionalmente a realização presencial dos seguintes atos processuais:

– audiências envolvendo réus presos, inclusive a realização de sessões do júri nessas mesmas circunstâncias; adolescentes em conflito com a lei em situação de internação; crianças e adolescentes em situação de acolhimento institucional e familiar e outras medidas, criminais e não criminais, de caráter urgente, quando declarada a inviabilidade da realização do ato de forma integralmente virtual, por decisão judicial fundamentada;

– sessões presenciais de julgamento no Tribunal e nas turmas recursais, quando inviável sua realização de forma virtual, desde que autorizado pelo presidente do respectivo órgão;

– cumprimento de mandados judiciais por servidores que não estejam em grupos de risco;

– perícias, entrevistas e avaliações observadas as regras e limitações previstas na Portaria.

 

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Justiça
Candidatos à eleição podem tirar certidões on-line pelo TJMS
Justiça
Espaço de eventos indenizará em R$ 20 mil casal por falta de água durante casamento
Justiça
Anhanguera deverá indenizar ex-aluna por cobrança indevida
Justiça
Ministério Público move ação contra contrato do Consórcio Guaicurus
Justiça
Mutirão DPVAT: 1.787 processos podem ser finalizados em 2020
Justiça
Juiz ouve testemunhas de acusação do assassinato de Carla nesta terça
Justiça
Justiça proíbe Globo de divulgar detalhes da investigação de Flávio Bolsonaro
Justiça
Justiça determina que filhos de Flordelis fiquem em presídios separados
Justiça
Ministério Público prorroga regime diferenciado de trabalho
Justiça
Atacadão indenizará cliente que comprou linguiça com larva

Mais Lidas

Polícia
Em nota, polícia diz que prefeito de Rio Verde “não estava” bêbado
Geral
Mega-Sena acumula e deve pagar R$ 43 milhões na quarta-feira
Cultura
Acontece hoje a 1ª Parada online da Cidadania e do Orgulho LGBTQIA+/MS
Geral
Fernando e Sorocaba fazem live neste domingo; confira outros artistas