Menu
Busca sábado, 23 de outubro de 2021
(67) 99647-9098
TJMS outubro21
Justiça

Juízes estão proibidos de participar de conselhos fora do Judiciário

A proibição tem como base a Constituição e o Loman, aponta o Conselho Nacional de Justiça

07 janeiro 2019 - 19h36Da redação com informações da Agência Brasil

O Conselho Nacional de Justiça (CNJ) editou nesta segunda-feira (7) uma recomendação para proibir juízes de participarem de conselhos, comitês ou comissões, fora do Poder Judiciário. A norma foi publicada pelo corregedor nacional de Justiça, ministro Humberto Martins. 

A medida será aplicada em todo o país, mas foi tomada após o governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel, anunciar a extinção a Secretaria de Segurança Pública (SSP) e a criação de um conselho, com participação de representantes do Judiciário, do Ministério Público e das polícias. 

De acordo com o corregedor, a Constituição e a Lei Orgânica da Magistratura Nacional (Loman) impedem que magistrados exerçam outro cargo ou função, salvo uma de magistério. Segundo Martins, a independência e a imparcialidade do Judiciário impedem que juízes participem de atividades nos poderes Executivo e Legislativo. 

"O corregedor nacional de Justiça, usando de suas atribuições constitucionais, legais e regimentais resolve recomendar a todos os magistrados brasileiros, exceto aos ministros do STF, que se abstenham de exercer funções, ainda que de caráter honorífico, consultivo e sem remuneração, em conselhos, comitês, comissões ou assemelhados, de natureza política ou de gestão administrativa de serviços vinculados a Poder ou órgãos estranhos ao Poder Judiciário, inclusive em Conselhos de Segurança Pública”, diz a resolução. 

O CNJ também definiu que a fiscalização do cumprimento da medida deverá ser feita pelas corregedorias do Tribunais de Justiça dos estados.

Unica - primavera

Deixe seu Comentário

Leia Também

Justiça
CNJ destaca trabalho do Tribunal de Justiça de MS
Justiça
Ex-sargento da PM é julgado por matar tenente aposentado da PM em 2017
Justiça
TSE confirma ilegalidade de gravações feitas em ambientes privados
Justiça
Decisão do STF torna gratuito o acesso a Justiça do Trabalho
Justiça
STF derruba artigos da reforma trabalhista que restringiam gratuidade
Justiça
TJMS inocenta Osmar Jeronymo
Política
Assembleia aprova homenagem a profissionais de saúde
Justiça
Ecoturismo passa a ser atividade essencial após Lei ser aprovada
Justiça
Suspensão dos direitos políticos de Puccinelli é mantida pela Justiça
Justiça
Justiça prorroga prazos em função de instabilidade

Mais Lidas

Clima
Áudio: Atenção - tabela do Inmet é real, não é fake
Clima
Vídeo: Força-tarefa está pronta para novo vendaval
Internacional
Alec Baldwin dispara com arma cenográfica e mata diretora de fotografia
Clima
Previsão de chuva com ventos assusta