Menu
Busca quarta, 01 de abril de 2020
(67) 99647-9098
Justiça

MP quer suspender convocação de PM's e Bombeiros, aprovados em concurso

Curso de formação dos convocados está marcado para iniciar no próximo 2 de março

11 fevereiro 2020 - 15h57Joilson Francelino

O Ministério Público de Mato Grosso do Sul (MP-MS) pediu, nesta terça-feira (11), a suspensão imediata do concurso público para a Polícia Militar e Corpo de Bombeiros, para que, segundo o documento encaminhado à Justiça, “seja assegurado o resultado prático da presente demanda”.

O governador Reinaldo Azambuja havia convocado, no último dia 29 de janeiro, os aprovados para iniciar o curso de formação que, até então, inicia no próximo dia 2 de março. O pedido da suspensão se deu porque o Estado deu prosseguimento ao certame apesar das “ violações aos princípios constitucionais” apontados pelo Ministério Público, “que teria ocasionado em prejuízos aos candidatos”.

“Assim, considerando que o processo seletivo foi concluído, e encontra-se na fase de classificação e convocação para o curso de formação, sua continuidade pode fazer com a presente ação perca seus efeitos práticos, mesmo que alcance uma provável decisão favorável”, consta no documento. Clique aqui e confira o pedido na íntegra.

O documento foi encaminhado para o desembargador Julio Roberto Siqueira Cardoso e será analisado. Se o pedido for acatado, mais de 600 candidatos entre oficiais e praças aptos para o curso de formação ficarão parados, aguardando decisão favorável.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Justiça
Justiça condena seguradora e oficina a pagar R$ 27,3 mil à cliente
Justiça
Dinheiro de ações criminais em Três Lagoas será liberado para combate à coronavírus
Justiça
Justiça proíbe manifestações, e multa chega a R$ 100 mil para quem desobedecer
Justiça
Igrejas poderão pagar R$ 50 mil de multa diária se abrirem as portas
Justiça
Justiça Federal autoriza Cervejaria Bamboa a fabricar álcool em gel
Justiça
Gilmar Mendes decide manter recomendação de soltar presos devido à pandemia
Justiça
STF barra pagamento de dívida e MS terá R$ 30 milhões mensais para combate à epidemia
Justiça
Justiça absolve pastor vice-presidente de abrigo acusado de estuprar adolescente
Justiça
Defesa usa coronavírus para "soltar" Jamil e juiz nega pedido
Justiça
Cartórios suspendem atendimento presencial por tempo indeterminado

Mais Lidas

Geral
Energisa negociará contas com um dia de atraso
Política
‘TJMS suspende manifestações em Campo Grande’ diz Marquinhos
Política
PC do B terá candidato a prefeito em Antônio João
Educação
Inep publica cronograma de inscrições, requerimentos e provas do Enem