Menu
Busca sexta, 24 de maio de 2019
(67) 99647-9098
Justiça

"Taxista de vovó" vai responder por homicídio duplamente qualificado

Pâmela teria matado a idosa após uma discução em razão da autora utilizar o cartão de crédito da vítima

12 março 2019 - 14h55Marcos Tenório, com informações do TJMS

O juiz titular da 1ª Vara do Tribunal do Júri de Campo Grande, Carlos Alberto Garcete de Almeida, recebeu nesta terça-feira (12), a denúncia apresentada pelo Ministério Público em desfavor de Pâmela Ortiz de Carvalho, acusada de assassinar Dirce Santoro Guimarães Lima, 79 anos, com golpes na cabeça junto ao meio-fio. Ela vai responder por homicídio doloso duplamente qualificado.

O caso aconteceu no dia 23 de fevereiro deste ano, no bairro Jardim Carioca, após a idosa discutir com Pâmela, em razão da autora utilizar seu cartão de crédito para compras pessoais sem sua autorização, a vítima teria descido do carro, que era conduzido pela comerciante de 36 anos, momento em que esta teria começado a agredi-la, batendo sua cabeça contra o meio-fio até matá-la.

Pâmela oferecia serviço de transporte para a vítima, que confessou ter utilizado o cartão de Dirce para abastecer seu carro e comprar tintas de pintura, após matar a idosa, e arrastar o corpo até o fundo de um terreno, e cobrindo-o com lixo.

Com o recebimento da denúncia, a acusada será processada pelo crime de homicídio doloso duplamente qualificado pelo motivo fútil e pelo meio cruel empregado, além do delito de ocultação de cadáver.

Na decisão proferida, o magistrado também analisou o pedido anteriormente feito pelo defensor da denunciada de transferência de unidade prisional, vez que ela sofreria ameaças. Mas o pedido foi desconsiderado e Pâmela, continuará respondendo o processo presa no presídio feminino da capital.


Fac Feijoada 2019

Deixe seu Comentário

Leia Também

Justiça
Remédios de alto custo são regulamentados pelo STF, mas médico prevê confusão
Justiça
Sob ameaça de greve, TJ decide que escolas devem abrir com parte de efetivo
Justiça
Depois de ofender Reinaldo, internauta é condenado
Justiça
STF derruba foro privilegiado de autoridades estaduais do Maranhão
Justiça
Juíza Jacqueline representa MS em encontro sobre as mulheres
Justiça
Justiça absolve Nelsinho no caso Omep - Seleta
Justiça
Audiência deve "abrir espaço para cobrança mais justa", diz Anoreg
Justiça
TSE arquiva investigação contra Haddad
Justiça
TJ-MS debate nova tabela de emolumentos
Justiça
Temer deve se apresentar a PF nesta quinta-feira

Mais Lidas

Polícia
Homem bêbado pede para descansar e morre no sofá do vizinho
Geral
Ciclista tem a cabeça esmagada por carreta em acidente
Cidade
Reinaldo e Marquinhos anunciam “solução definitiva” para Parque das Nações
Cidade
Radares: cinco multam e quatro operam em caráter educativo