Menu
Busca quinta, 11 de agosto de 2022
(67) 99647-9098
Governo - Dengue
Justiça

Tenente-coronel que matou marido tem absolvição mantida

Conselho de sentença entende que Itamara agiu em legítima defesa

18 novembro 2021 - 17h53Gabrielly Gonzalez

A tenente-coronel Itamara Romero Nogueira, acusada de matar o marido, Valdeni Lopes Nogueira Romeiro, major da PM, em julho de 2016, foi absolvida durante júri em junho deste ano. Nesta quinta-feira (18), o advogado José Roberto da Rosa pediu a manutenção da absolvição.  

Com resultado de 3 x 0 no julgamento no TJMS (Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul), foi mantido a absolvição da oficial da PM.

Advogados de defesa sustentaram que Itamara agiu em legítima defesa, além de agir em violenta emoção por seu cônjuge provoca-la com ameaças e não cumprir com deveres matrimoniais. Dessa forma, o conselho de sentença entendeu que a ação da tenente-coronel foi para se defender.

“Tem a possibilidade que esse processo tenha finalizado com o julgamento de hoje, em razão que não houve nenhuma divergência no julgado e, em segundo lugar, o Ministério Público acompanhou a tese da defesa, no sentindo que a decisão dos jurados é soberana e definida pelas provas apresentadas nos autos, que comprovou a legítima defesa”, explicou o advogado José Roberto à reportagem do JD1 Notícias. 

Caso -

No dia 12 de julho de 2016 a tenente-coronel Itamara Romero Nogueira efetuou ao menos dois disparos contra o marido por volta das 16h, na casa do casal no bairro Santo Antônio, em Campo Grande. O homem foi socorrido e levado para a Santa Casa, mas não resistiu aos ferimentos e faleceu no mesmo dia.

De acordo com relatos de alguns vizinhos apontam que o casal estava discutindo quando a militar efetuou os tiros. Em sua defesa a ré também apontou que sofria violência doméstica.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Justiça
STF aprova orçamento do tribunal para 2023 com aumento para ministros e servidores
Justiça
Goleiro Bruno é condenado por não pagar pensão ao seu filho com Eliza Samudio
Justiça
Rosa Weber é eleita a nova presidente do STF
Justiça
TSE rejeita pedido de pronunciamento sobre vacinação de Queiroga
Justiça
STF decide que servidor público não pode receber menos que o salário mínimo
Justiça
STF votará amanhã reajuste de salários de ministros e juízes
Justiça
TSE exclui técnico da Defesa de inspeção a sistemas de votação
Justiça
Sargento que matou a esposa com 'mata-leão' vai a júri popular em outubro na Capital
Justiça
TSE firma acordo com mais um órgão internacional para observar as eleições
Justiça
Fachin dá 2 dias para PL se explicar sobre propagandas de Bolsonaro na internet

Mais Lidas

Polícia
Menino mata padrasto a tiros, joga corpo no rio e foge com a 'namorada' de 11 anos
Política
PSD terá mais três partidos coligados
Comportamento
JD1TV: Após três anos, Festival do Sobá volta 'com tudo' amanhã
Polícia
Fisioterapeuta para na delegacia por fazer procedimentos estéticos na Capital