Menu
Busca quinta, 24 de junho de 2021
(67) 99647-9098
Governo - Feminicidio
Justiça

Toffoli suspende decisão que mandou soltar presos em 2ª instância

Decisão do ministro Marco Aurélio beneficiava presos e causou indignação em diversas entidades

19 dezembro 2018 - 18h16Da redação com informações da Agência Brasil

O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Dias Toffoli, suspendeu há pouco a decisão do ministro Marco Aurélio que determinou a soltura de todos os presos que tiveram a condenação confirmada pela segunda instância da Justiça. 

O ministro atendeu a um pedido de suspensão liminar feito pela procuradora-geral da República, Raquel Dodge. 

Com a decisão, a liminar (decisão provisória) de Toffoli terá validade até o dia 10 de abril de 2019, quando o plenário do STF deve julgar novamente a questão da validade da prisão após o fim dos recursos na segunda instância.

O julgamento foi marcado antes da decisão desta quarta-feira (19) do ministro Marco Aurélio. 

Senar - square junho21

Deixe seu Comentário

Leia Também

Justiça
Ministério Público quer a quebra de sigilo telefônico de ex-comandante da PM
Justiça
Processo em pauta no STF vai moldar a disputa por terras no Brasil
Justiça
Julgamento presencial volta com caso de militar que matou marido
Justiça
Audiência de conciliação sobre pandemia na capital é cancelada
Justiça
Justiça determina audiência sobre pandemia na terça-feira
Justiça
Funcionários denunciam Hospital Adventista por intolerância religiosa
Justiça
Energisa perde e Justiça permite que medidores sejam periciados
Justiça
STJ mantém André réu na 'Coffe Break'
Justiça
Com recurso negado, Comércio terá mais uma tentativa para barrar decreto
Justiça
Justiça discute na quarta, recurso da Energisa que barra perícias

Mais Lidas

Polícia
Mãe confessa que matou bebê de 5 meses afogada, em Campo Grande
Polícia
Bebê de 5 meses foi morta afogada, porque mãe drogada queria tirar 'chip da besta'
Polícia
Bebê de 5 meses morre após suspeitas de violência sexual, em Campo Grande
Polícia
Com câncer em estado avançado, idoso comete suicídio na varanda de casa