Menu
Busca domingo, 25 de outubro de 2020
(67) 99647-9098
TJMS outubro20
Opinião

Nossas conquistas nascem dos nossos sonhos

10 outubro 2020 - 08h00Eduardo Riedel

Muita gente nos conhece por nossas safras recordes, paisagens únicas e natureza exuberante. Mas somos mais do que isso: Mato Grosso do Sul alcança  hoje as primeiras posições em potencial de crescimento do PIB, em competitividade e na geração de empregos. Somados a outros superlativos em transparência e segurança pública, conquistamos a credibilidade entre investidores e a confiança dos agentes econômicos.

Estes números, que demonstram a evolução de uma grande Região, formada por todos nós, simbolizam ao mesmo tempo uma terra de gente simples, de todos os lugares, que tem na força do trabalho sua maneira de transformar sonhos em realidade, e que, com muita humildade, perseverança e paciência, ajudam no processo de modernização de todo o País.

Depois de dias muito difíceis que vivemos, creio que já dá para dizer que chegamos a um momento único em nossa história: a maturidade de um Estado que supera entraves e limitações do passado e se moderniza para construir um novo futuro.

Hoje, sabemos quem somos e o que podemos aspirar. E isso nos permite evoluir e fazer planos. Não para um tempo distante, quase inalcançável para os que aqui estão, mas naquele momento que está logo ali à frente, que amanhece todo dia, fazendo e acontecendo.

Vivemos um momento especial. Estamos materializando nossos potenciais e os transformando em investimento, gerando mais riqueza, mais emprego, renda e oportunidades para todos.

Produzimos e exportamos como nunca e em plena pandemia. Atraímos mais de cinco mil novas empresas que aqui produzem e crescem. É a capacidade de trabalho do povo sul-mato-grossense que nos torna singular nesse momento de crise e insuficiência de todas as ordens.

Muitos ainda não percebem, mas hoje estamos ocupando posições privilegiadas, espaços estes anteriormente permitidos somente pelos grandes estados do sudeste.

Pra chegar até aqui, fizemos nossa parte.  Cortamos gastos, enxugamos a máquina pública e acabamos com desperdícios. Com isso, somos o quarto Estado que mais investe no Brasil  e, por isso mesmo, um dos primeiros a vencer a crise econômica e as restrições impostas pela pandemia.

Mas fica a pergunta: Onde queremos ir? Nosso propósito é construir um estado próspero com justiça social, melhorando a infra-estrutura sem perder a perspectiva de redução e superação das desigualdades sociais.

Precisamos seguir em frente porque o trabalho de modernização é contínuo, dia após dia, sem o qual não há avanços e tudo fica reduzido a discursos sem bases concretas.

Nesse sentido, nossas metas são claras: trabalhar por uma educação diferenciada, que prepare as pessoas para uma vida de oportunidades e crescimento; consolidar MS como referência de inovação em projetos públicos e privados, com novos modelos de gestão, além de avançarmos na melhoria do atendimento à saúde de nossa população.

Além disso, outro ponto importante para a modernização da nossa região será o fortalecimento indústria do turismo e da cultura, fronteiras novas que se transformarão em ganhos reais para a população e na mudança de  realidade.

Trabalhamos com os conceitos de sustentabilidade, pois sabemos que o verdadeiro desenvolvimento multiplica os ganhos econômicos sem perder de vista a proteção ambiental.

Sonhar tudo isso só se tornou  possível graças ao caminho percorrido até aqui. Fizemos o que era preciso ser feito. Hoje, com os aprendizados desses 43 anos da criação do nosso Mato Grosso do Sul, meu sentimento é que estamos começando a escrever novas páginas da nossa história, fazendo o melhor e avançando mais.

 Parabéns MS!  Parabéns à nossa gente.

*Secretário de Governo e Gestão Estratégica de MS

CertFica

Deixe seu Comentário

Leia Também

Opinião
Fisioterapia Integrativa: a técnica que promete combater dores e doenças
Opinião
Compreender a marcha e ir tocando em frente
Opinião
Opinião - Um Pantanal, Dois Estados e o Nosso Dever Comum
Opinião
O maior complexo hospitalar do centro-oeste fundado pela maçonaria
Opinião
O Líbano de meus olhos
Opinião
Opinião - Supremo.... O rabo está abanando o cachorro?
Opinião
Para sair do lockdown tributário

Mais Lidas

Polícia
Tatuador mata amigo com quatro tiros e espera a polícia para se entregar
Internacional
Com dólar a R$5.95, Casa China tem sábado lotado
Polícia
Camionete é alvejada por tiros, cai em córrego e motorista morre na Capital
Clima
Apesar das altas temperaturas, dia promete ser chuvoso em MS