Menu
Busca terça, 19 de março de 2019
(67) 99647-9098
Opinião

Novo ciclo, novas esperanças

23 dezembro 2018 - 11h38Sálua Omais

O encerramento do ano é um momento perfeito para fazer um balanço do que deu certo e planejar novas metas e novos caminhos para planos futuros. É uma época em que a vontade de mudar é tão natural que se torna importante, sim, retomar metas passadas que ficaram esquecidas ao longo do ano. Não tem problema se nem tudo foi tão bom assim, pois, no final, tudo é importante, e não somente o que ganhamos ou conquistamos. Experiências negativas geram novos aprendizados, geram um crescimento interior e acabam nos tornando mais fortes e preparados para novos desafios futuros. Experiências positivas também devem ser celebradas, e deixadas vivas em nossa memória, para que, no dia em que perdermos algo, lembrarmos que um dia também ganhamos, e esse é o fluxo normal da vida, de perdas e ganhos.

Para quem viaja nesse período, é uma oportunidade de desligar a mente e o corpo do trabalho. Para aqueles que ficam em suas casas, também existe uma oportunidade tão ou até algumas vezes melhor do que quem viaja: a oportunidade de poder organizar-se para começar o ano com tudo em ordem, proporcionando uma sensação de paz e tranquilidade para iniciar um novo ciclo, reduzindo a ansiedade, a carga de culpa, de estresse e de angústia pela falta de tempo. Tirar uma folga de nossas rotinas diárias nos ajuda a sermos re-motivados e re-inspirados com nova visão e energia. Fim do ano é um momento de inspiração, de sonhar novamente. Nossa jornada começa com um sonho, e cada um de nós tem dons, qualidades e experiências únicas que moldam o curso de nossas vidas. O que quer que você faça, dê a si mesmo um período de tempo realista para alcançar objetivos e julgue seu sucesso por meio de esforços feitos e não por resultados, de modo a não desanimar com facilidade.

Existe uma qualidade humana extremamente importante que se torna evidente quando chega essa época e que é um fator determinante para a saúde emocional: a esperança. É a única emoção positiva que tem a chance de brotar diante de momentos difíceis da vida e está ligada a duas forças fundamentais: o otimismo e a persistência. O ser humano precisa de um motivo para partir para a ação, e, por isso, sem esses três elementos juntos, não existe motivação. Sem motivação, a vida perde o sentido e, com isso, perde-se o estímulo para agir e lutar. 

Nós, seres humanos, temos nossa vida guiada pelo tempo, um tempo que envolve minutos, horas, dias, semanas, meses e anos. O fim de um ano representa o fim de um ciclo longo de lutas e esforços que, um dia, farão parte do nosso balanço de realizações alcançados ao longo da vida. Essas realizações e experiências vividas, e também vencidas, proporcionam a sensação de força e gratificação duradoura, mostrando que todo e qualquer esforço valeu a pena. Além do crescimento pessoal que adquirimos, é importante também, nesse momento, um descanso mental, uma pausa para organizar nossas vidas e nossas mentes. Organizar nosso mundo externo também nos ajuda organizar o mundo interno, daí a importância também de usar esse momento para organizar nossos ambientes pessoais e profissionais, para que então tenhamos lugares suficientes, dentro e fora de nós, para substituir aquilo que se foi, por aquilo que ainda está por vir.
   
(*) Sálua Omais é psicóloga e palestrante, com mestrado em psicologia da saúde e saúde mental, master coach e master trainer em psicologia positiva, neurossemântica e PNL, titular do site www.psicotrainer.com.br, em que escreve artigos diversos sobre psicologia positiva, coaching e inteligência emocional.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Opinião
Nesse dia 8 de março, o que queremos?
Opinião
Mansour Karmouche: "Compromisso com o diálogo"
Opinião
Sou advogado ou Dom Quixote?
Opinião
Depoimento da irresponsabilidade da Vale
Opinião
Tribunais de Contas e os desafios do presidente
Opinião
Um país que precisa gerar 10 milhões de empregos não deveria atacar o Sistema S
Opinião
Emagrecer – Meta clássica de Ano Novo
Opinião
O fator Marun
Opinião
Habitação: Uma história para contar e uma história para construir
Opinião
Bolsonaro e o meio ambiente

Mais Lidas

Polícia
Orgia em motel vira caso de polícia
Polícia
Mistério: adolescentes desaparecem a caminho da escola
Polícia
Menina de dez anos se mata com arma do pai, em São Paulo
Polícia
Vídeo - Um morre e outro fica ferido em execução na fronteira