Menu
Busca sábado, 04 de dezembro de 2021
(67) 99647-9098
TJMS Dez21
Polícia

Acusado de estuprar enteada de três anos é preso em Sete Quedas

Ele possui diversos registros de violência doméstica contra a mãe da criança que chegou a abortar devido às agressões

01 março 2019 - 13h15Rayani Santa Cruz

Um homem de 24 anos, acusado de violência doméstica e de estupro da própria enteada, de apenas três anos, foi preso em flagrante na quinta-feira (28), na cidade de Sete Quedas, fronteira com o Paraguai.
A prisão foi possível graças a uma ação conjunta entre as Polícias Militar, Civil e Conselhos Tutelar de Sete Quedas - MS, e dos municípios paranaenses de Dois Vizinhos e Perobal.

Ao JD1 Notícias o delegado José Wilson Ferreira, titular da cidade de Sete Quedas disse que a operação foi desencadeada após o Conselho Tutelar da cidade de Dois Vizinhos - PR, denunciar a fuga do acusado que tentava escapar da prisão no estado. “Ele viajava de ônibus com a mulher, três filhos dele e a enteada de três anos. Nós desencadeamos a operação ainda na terça-feira, e ele foi preso na entrada da cidade”.

O histórico do acusado é grande, e a identidade não foi divulgada por envolver menores. O acusado agrediu a esposa em 2017 na cidade de Sete Quedas e depois em 2018 em Aparecida do Taboado. Os dois casos foram registrado como lesão corporal, o marido foi preso e a vítima permaneceu com medida protetiva. Na última agressão a mulher teve um aborto. 

Depois de ser espancada, a mulher fugiu com os filhos para a cidade de Perobal no Paraná. Segundo o delegado, após sair da cadeia o acusado conseguiu encontrar a mulher e aparentemente a obrigou a voltar ao relacionamento, onde as agressões continuaram. O estupro da menor teria ocorrido na cidade de Dois Vizinhos e o suspeito estava sob investigação. As duas vítimas – mãe e filha –, possuíam medidas protetivas. 

O acusado foi preso pelo descumprimento da medida protetiva, ele passou por audiência de custódia e a Justiça emitiu mandado de prisão preventiva. Dessa forma ele deve responder por todos os crimes na cadeia.

Ainda, de acordo com o delegado, a mulher que estava com um bebê recém-nascido (19 dias), ficou assustada e aliviada com a prisão do acusado. “Ela estava com quatro crianças, três deles são do acusado.

"No momento, ela e os menores estão recebendo todo o auxílio do Conselho Tutelar e Assistência Social e o que deu a entender é que ela era ameaçada e coagida a ficar com o autor”, disse o delegado José Wilson.

Senar Agrinho dez21

Deixe seu Comentário

Leia Também

Polícia
'Zói' é morto a facadas em bar após discussão
Polícia
Polícia resgata periquito que caiu do ninho
Polícia
Auxiliar de pedreiro morre após ser esmagado por laje de obra
Polícia
Homens são presos por fornecerem bebidas para adolescente
Polícia
Policiais recolhem 140 litros de agrotóxico de beira de rodovia em Dourados
Polícia
Emocionados, familiares tentam entender a morte de Kennedy em frente de casa no Caiobá
Polícia
Mais de 720 kg de maconha são apreendidos na MS-164
Polícia
Brasileiro procurado pela Interpol é preso pela PF
Polícia
Conhecido como “Disciplina do PCC”, jovem é assassinado em MS
Polícia
Veículo é apreendido com quase uma tonelada de maconha

Mais Lidas

Polícia
Emocionados, familiares tentam entender a morte de Kennedy em frente de casa no Caiobá
Polícia
Auxiliar de pedreiro morre após ser esmagado por laje de obra
Polícia
Conhecido como “Disciplina do PCC”, jovem é assassinado em MS
Geral
Homem morre após queda de laje em construção civil