Menu
Busca sábado, 27 de novembro de 2021
(67) 99647-9098
Assembleia Nov21
Polícia

Após discussão, Guarda Civil e esposa acabam na delegacia

Uma investigação foi aberta na Corregedoria-Geral pra apurar o caso

26 outubro 2021 - 19h26Brenda Assis

Na tarde de terça-feira (25), um guarda-municipal de Campo Grande acabou indo parar na delegacia após uma discussão com sua esposa. Tudo aconteceu em uma das lojas de roupa que o casal tem junto. 

De acordo com o boletim de ocorrência, o casal se separou há mais de um mês. Eles optaram por fazer um acordo, onde todos os bens teriam o valor levantado e então divido entre os dois. Ela informou que no inicio da noite de ontem, estava fazendo o levantamento de uma das lojas do casal para poder informar o valor, mas ao chegar no local ele discordou do que ela havia dito e começaram a discutir. 

Em dado momento, ele teria ido para o veículo, que estava na frente do estabelecimento, quando acabou entrando com o carro dentro da loja, quebrando vitrines, grades e outros objetos. Ele ainda teria engatado a marcha ré e acelerou dentro no interior do local por mais de três vezes. Após isso ele saiu com o automóvel e ficou dando voltas no quarteirão até parar em frente à loja. 

A guarda foi acionada pela própria vítima. Muito assustada ela esperou em uma residência próxima ao local, junto das filhas. A mulher disse não ter sido xingada ou ameaçada pelo autor. 

Ela contou ainda que o homem é oficial da Guarda Civil Metropolitana (GCM), porém está afastado há 2 anos por problemas de saúde. 

Outra versão – Durante a sua apresentação espontânea na Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher (Deam), o homem afirmou ter discutido com a esposa, porém não teve o intuito de entrar com o carro dentro da loja. 

Ele contou que havia ido para o veiculo para refrescar a cabeça, pois estava muito nervoso. Para poder ligar o ar condicionado, ele deu partida no carro e acabou esbarrando no cambio, entrando no interior da loja. 

O oficial contou que tentou sair com o carro de dentro do local varias vezes, mas por estar nervoso não conseguia. Após ter sucesso, ele ficou procurando uma borracharia para consertar o pneu que furou quando perdeu o controle do veículo. 

O autor afirmou ainda estar tomando remédio controlado. O caso foi registrado na Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher (Deam), como ‘dano (violência domestica)’.

Nota SESDES – Por meio de nota, a Secretaria Especial de Segurança e Defesa Social (SESDES), informou que o caso será investigado e que a arma do servidor será recolhida como medida cautelar. Leia na integra: 
“A Secretaria Especial de Segurança e Defesa Social (SESDES) tomara as medidas legais no âmbito interno, via Corregedoria-Geral, visando apurar responsabilidade disciplinar do referido servidor, assim que for notificada. Como o servidor possui porte de arma institucional as medidas legais serão adotadas na forma da lei. 
Como medida cautelar será determinada o recolhimento do armamento e suspensão do porte de arma do servidor.”

Deixe seu Comentário

Leia Também

Polícia
Rádio clandestina é fechada em Naviraí
Polícia
Mulher morre após ser atingida por peça de caminhão na BR-262
Polícia
PRF é suspeito de atirar em amante da mulher dentro de motel na capital
Polícia
Adolescente é morto por engano um dia antes de doar medula para o pai
Polícia
AO VIVO: Traição termina com baleado e mulher espancada no Nova Lima
Polícia
Polícia Civil incinera mais de 4 toneladas de drogas em MS
Polícia
Bebê de oito meses morre em acidente de carro na fronteira
Polícia
Dourados tem Operação Lei Seca deflagrada neste fim de semana
Polícia
Homem é preso roubando fiação elétrica do Horto Florestal
Polícia
Homem foge após capotar veículo recheado com maconha

Mais Lidas

Polícia
PRF é suspeito de atirar em amante da mulher dentro de motel na capital
Saúde
Após registrar surto da doença ‘mão-pé-boca’, saúde emite alerta
Política
JD1TV - Sextou: Vereador posta vídeo dançando dentro do plenário da Câmara da Capital
Política
Dancinha de vereador irrita Carlão