Menu
Busca quinta, 27 de janeiro de 2022
(67) 99647-9098
TJMS Jan22
Polícia

Concentração rubro negra em casa de show termina com confusão e tiros na capital

Um policial penal foi identificado como autor dos disparos e de agressão contra uma mulher no local

28 novembro 2021 - 13h38Sarah Chaves

Uma confussão com tiros e agressão aconteceu depois do jogo do Flamengo na noite de sábado (27), em um casa de show onde a torcida organizada Rubro Negra se encontrou para acompanhar a final da Libertadores na avenida Brilhante.

Não se sabe se foi a derrota do Flamengo para o Palmeiras, ou o fato que motivou o início da discussão.

De acordo com o boletim de ocorrência feito na Depac Cepol, a Rotac recebeu uma denúncia de que um homem agrediu uma mulher no local, depois sacou sua pistola e atirou várias vezes contra a equipe de segurança do evento.

Ao atender a denúncia a equipe da Polícia Militar localizou o indivíduo próximo à casa de Show e durante abordagem e busca pessoal foi encontrado na cintura do autor, identificado como policial penal, uma pistola com treze munições intactas.

Um outro indivíduo identificado como Clayton também foi abordado e também estava com um revólver carregado.

Em entrevista com a mulher vítima da lesão corporal, ela relatou que o policial penal  e um terceiro autor identificado com Ivanildo a agrediram.

Em buscas no local foram encontrados dois estojos de munição dentro da casa de show e um projétil.

Uma das vitimas da equipe de segurança contou que o autor apontou a arma em direção da equipe e efetuou os disparos, onde todss as pessoas que ali estavam se jogaram no chão para não serem atingidas.

A Polícia Militar deu voz de prisão aos autores que foram conduzidos a esta delegacia de polícia Depac Cepol.

Durante trabalho da perícia no local foi encontrado entrada de projétil de arma em um pilar de madeira, e outras testemunhas que faziam parte da organização de um baile funk, que aconteceu depois do evento promovido pelo autor disseram que os tiros foram para cima e não em direção a equipe de segurança.

O JD1 entrou em contato com o proprietário da casa, que afirmou ter alugado para a torcida organizada e até então não tinha conhecimento do ocorrido.


O caso foi registrado como lesão corporal dolosa, homicídio simples na forma tentada e porte ilegal de arma de fogo de uso permitido.

Senar - Jan22

Deixe seu Comentário

Leia Também

Polícia
JD1TV: Mulher apanha com 'capacetadas' em condomínio do Tarumã
Polícia
Família do BBB Douglas Silva vai processar autores de posts racistas
Polícia
Irmãos matam pai a pauladas por acharem que ele matou a mãe deles
Polícia
Idoso espanca a sogra de 103 anos até a morte em Tacuru
Polícia
Vendedora é agredida e beijada a força por idoso de 73 anos em loja de bicicleta
Polícia
Homem esfaqueado no peito pela esposa no Noroeste morre no hospital
Polícia
Menor é apreendido após bater no padrasto e ameaçar a mãe de morte
Polícia
Na PF Soraya leva laudo que mostra montagem em áudio contra Tereza Cristina
Polícia
Polícia Civil prende homem suspeito de jogar drogas para dentro de presídio
Polícia
Cão da raça Golden invade residência e mata cachorro da vizinha

Mais Lidas

Polícia
Homem passa mal e morre na casa da mãe
Polícia
Irmãos matam pai a pauladas por acharem que ele matou a mãe deles
Comportamento
Murilo abre mão de bens na divisão do patrimônio de Marília, diz colunista
Polícia
Homem esfaqueado no peito pela esposa no Noroeste morre no hospital