Menu
Busca terça, 26 de outubro de 2021
(67) 99647-9098
Gov 44 anos
Polícia

‘Dark Money’: Presos serão encaminhados à carceragem da Capital

Seis pessoas foram presas na operação e um suspeito está foragido; contas bancárias já foram bloqueadas

22 setembro 2021 - 16h10Gabrielly Gonzalez

Até o final do dia de hoje (22), ou no máximo amanhã (23), todos os presos na operação ‘Dark Money’ serão encaminhados à carceragem de Unidades Policiais de Campo Grande. A informação foi confirmada em Maracaju pela diretora do Draccp e encarregada da ação, a delegada Ana Cláudia Medina.

Conforme informado pela Polícia Civil, até o momento foram apreendidos eletrônicos, smartphones, computadores, documentos, 10 (dez) veículos apreendidos, barco com carretinha, várias cédulas de cheque de valores diversos no valor total de R$109.000,00 (cento e nove mil reais) e R$143.000,00 (cento e quarenta e três mil reais) em espécie, armas de fogo e munições de vários calibres, joias, discos rígidos, além de diversas contas bancárias de pessoas físicas e jurídicas bloqueadas.

Entre os alvos da ‘Dark Money’ está o ex-prefeito do município, Maurílio Azambuja, que não foi encontrado. A polícia fez buscas na sua casa e também em uma propriedade rural. Outros seis mandados de prisão temporária foram cumpridos.

Segundo a PC, todas as pessoas presas na operação já foram submetidos a Exame de Corpo de Delito e à audiência de Custódia realizada pelo magistrado titular da 1² Vara de Maracaju-MS.  Agora, serão encaminhados à carceragem de Unidades Policiais da Capital, onde permanecerão para as finalidades investigativas prevista na legislação processual penal, a cargo do DRACCO.

Operação - 

Suposto esquema de corrupção no Executivo de Maracaju, que teria resultado na lavagem de R$ 23 milhões entre 2019 e 2020, é investigado pela Polícia Civil por meio do Dracco (Departamento de Combate à Corrupção e ao Crime Organizado da Polícia Civil de Mato Grosso do Sul).

Na manhã desta quarta-feira (22), seis mandados de prisão temporária foram cumpridos no município, além de 26 mandados de busca e apreensão. 

Durante operação os mandados de prisão foram para o ex-prefeito Maurilio Ferreira Azambuja, que está foragido, e o ex-secretário de finanças do município Lenilson Carvalho Antune.

Também foram presos, Pedro Emerson Amaral Pinto [da Tapeçaria Lobo], Daiana Cristina Kuhn, ex- Secretária Municipal de Administração, Iasmin Cristaldo Cardoso, que já foi Diretora do Departamento de Tesouraria e Moisés Freitas Victor.

Além deles, Fernando Martinelli Sartor, que atuou como Assessor Especial de Gabinete e mantém ainda ao menos um contrato de R$ 60 mil com a Prefeitura para sublocação de parte da Fazenda Serrinha.

Foi feito o bloqueio de bens, além de outras medidas cautelares determinadas pela Justiça. A ação mira servidores públicos que atuaram no alto escalão do executivo municipal nos anos de 2019/2020, bem como, empresários e empresas com envolvimento no esquema.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Polícia
JD1TV: Paranaense é preso e autuado em R$ 10 mil por crime ambiental em MS
Polícia
Mulher é presa após criar confusão em bar, cortar os punhos e brigar com policiais
Polícia
Homem é preso por abusar da filha desde que ela tinha 10 anos
Polícia
Motorista morre após capotar caminhonete e ser arremessado para fora
Polícia
Adolescente de 16 anos é apreendido por tráfico de drogas
Polícia
Jovem sai de casa para ir à escola e desaparece no caminho
Polícia
Jovem perde controle de caminhão e morre na rodovia MS-379
Polícia
JD1TV: Viatura da polícia "fura" sinal vermelho e bate em motoentregador
Polícia
Traficante abandona carro estragado na BR-267 com mais de 500kg de droga
Polícia
Pescador é preso e autuado em R$ 2,3 mil por pesca predatória

Mais Lidas

Internacional
Mulher mata marido a machadadas após o flagrar estuprando sua filha de 5 anos
Vídeos
JD1TV: Corna vai tirar satisfação com amante do marido e 'pau come' solto
Polícia
Em uma noite, polícia atende três ocorrência envolvendo suicídio
Geral
JD1TV: Funcionário do Carrefour de Campo Grande é humilhado por gerente