Menu
Busca domingo, 09 de agosto de 2020
(67) 99647-9098
Governo 01
Polícia

Depac contabilizou mais de 4 mil presos e 35 mil ocorrências em 2019

Levantamento do último ano foi divulgado pela polícia civil

15 janeiro 2020 - 10h55Sarah Chaves, com informações da assessoria

As Delegacias de Pronto Atendimento Comunitário de Campo Grande (Depac’s) Centro e antiga Piratininga, agora no Cepol, publicou na terça-feira (14), os dados que contabilizam as entradas de presos e números de registros de boletins de ocorrência em 2019.

De acordo com o levantamento a Depac contabilizou de 1° de janeiro de 2019 a 31 de dezembro, a entrada de 4.816 presos, decorrentes de prisões em flagrante e mandados de prisão, bem como o registro de 35.062 ocorrências.

Apenas na unidade do Centro foram 1.408 autos de prisão em flagrante delito, 985 mandados de prisão cumpridos, 65 adolescentes apreendidos em flagrante e 57 adolescentes com mandados de apreensão cumpridos. No total foram registrados 19.380 boletins de ocorrências, sendo 4.896 de fatos atípicos (preservação de direito e extravio) e 14.484 ocorrências criminais, dos mais variados crimes, dentre furtos, roubos, receptação, tráfico de drogas e homicídio. 

Já na Depac Piratininga, atual Cepol foram lavrados 1.206 autos de prisão em flagrante delito, 936 mandados de prisão cumpridos, 81 adolescentes apreendidos em flagrante e 78 adolescentes com mandados de apreensão cumpridos. No total foram registrados 15.682 boletins de ocorrências, sendo 12.478 ocorrências criminais e 3.204 de fatos atípicos. 

A Depac está disponível para a população de Campo Grande em plantão ininterrupto de 24 horas todos os dias em suas duas unidades, realizando orientações gerais à população, lavratura de boletins de ocorrência, além do atendimento às demais forças policiais, realizando autos de prisão em flagrante delito e de apreensão de adolescentes infratores, oitivas, cumprimento de mandado de prisão e atendimento a locais de crime para realização de exame pericial e investigação preliminar.

A Delegacia de Pronto Atendimento é responsável pela realização da escolta de presos em flagrante delito das Depacs até o Fórum de Campo Grande, para realização das audiências de custódia e pela remoção de presos oriundos de mandados de prisão até os presídios de Campo Grande.

O delegado titular da Depac, João Eduardo Davanço, esclareceu que as unidades de atendimento têm como meta o constante atendimento da população e demais forças policiais e nos trabalhos de Polícia Judiciária. “E com as novas instalações dessas duas delegacias, a Polícia Civil passou a oferecer melhores condições de atendimento à sociedade sul-mato-grossense”, destacou.

Vacinne

Deixe seu Comentário

Leia Também

Polícia
Colisão entre motocicleta e carro causa a morte de professora em MS
Polícia
Fazendeiro é multado em R$ 5 mil por caça ilegal de jacaré
Polícia
Mãe e filho são presos após realizarem festa clandestina em MS
Polícia
Polícia vai atender ocorrência de incêndio e encontra corpo carbonizado
Polícia
Detido por ameaçar a esposa, jovem chuta e fratura mão de policial
Polícia
Homem é assassinado a facadas e pauladas próximo a Reserva Indígena
Polícia
Operação Hórus: homem é preso 800 caixas de cigarros contrabandeados
Polícia
Prefeito é preso com armas e animais abatidos em Mato Grosso
Polícia
Duas mulheres são presas com 33,6 Kg de maconha
Polícia
Mulher transportando 2 Kg de cocaína acaba presa em MS

Mais Lidas

Política
Bolsonaro nomeia Temer como chefe da missão de ajuda ao Líbano
Polícia
Colisão entre motocicleta e carro causa a morte de professora em MS
Saúde
UPAs terão 16 pediatras atendendo pela manhã e a tarde, veja onde encontrá-los
Cidade
Obras na Ernesto Geisel serão retomadas amanhã