Menu
Busca segunda, 20 de janeiro de 2020
(67) 99647-9098
Perkal Topo - janeiro-20
Polícia

Depac contabilizou mais de 4 mil presos e 35 mil ocorrências em 2019

Levantamento do último ano foi divulgado pela polícia civil

15 janeiro 2020 - 10h55Sarah Chaves, com informações da assessoria

As Delegacias de Pronto Atendimento Comunitário de Campo Grande (Depac’s) Centro e antiga Piratininga, agora no Cepol, publicou na terça-feira (14), os dados que contabilizam as entradas de presos e números de registros de boletins de ocorrência em 2019.

De acordo com o levantamento a Depac contabilizou de 1° de janeiro de 2019 a 31 de dezembro, a entrada de 4.816 presos, decorrentes de prisões em flagrante e mandados de prisão, bem como o registro de 35.062 ocorrências.

Apenas na unidade do Centro foram 1.408 autos de prisão em flagrante delito, 985 mandados de prisão cumpridos, 65 adolescentes apreendidos em flagrante e 57 adolescentes com mandados de apreensão cumpridos. No total foram registrados 19.380 boletins de ocorrências, sendo 4.896 de fatos atípicos (preservação de direito e extravio) e 14.484 ocorrências criminais, dos mais variados crimes, dentre furtos, roubos, receptação, tráfico de drogas e homicídio. 

Já na Depac Piratininga, atual Cepol foram lavrados 1.206 autos de prisão em flagrante delito, 936 mandados de prisão cumpridos, 81 adolescentes apreendidos em flagrante e 78 adolescentes com mandados de apreensão cumpridos. No total foram registrados 15.682 boletins de ocorrências, sendo 12.478 ocorrências criminais e 3.204 de fatos atípicos. 

A Depac está disponível para a população de Campo Grande em plantão ininterrupto de 24 horas todos os dias em suas duas unidades, realizando orientações gerais à população, lavratura de boletins de ocorrência, além do atendimento às demais forças policiais, realizando autos de prisão em flagrante delito e de apreensão de adolescentes infratores, oitivas, cumprimento de mandado de prisão e atendimento a locais de crime para realização de exame pericial e investigação preliminar.

A Delegacia de Pronto Atendimento é responsável pela realização da escolta de presos em flagrante delito das Depacs até o Fórum de Campo Grande, para realização das audiências de custódia e pela remoção de presos oriundos de mandados de prisão até os presídios de Campo Grande.

O delegado titular da Depac, João Eduardo Davanço, esclareceu que as unidades de atendimento têm como meta o constante atendimento da população e demais forças policiais e nos trabalhos de Polícia Judiciária. “E com as novas instalações dessas duas delegacias, a Polícia Civil passou a oferecer melhores condições de atendimento à sociedade sul-mato-grossense”, destacou.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Polícia
Lista com nomes de fugitivos da prisão na fronteira é divulgada
Polícia
Morte da florista Regiane choca capital no fim de semana
Polícia
Vídeo - Motorista discute no trânsito e arrasta motocicleta da vítima
Polícia
Cerca de 100 presos participam de fuga em massa em Pedro Juan Caballero
Polícia
Durante blitz, 11 pessoas foram pegas dirigindo sem CNH
Polícia
Vídeo: Criminosos são capturados pela polícia em perseguição no Aero Rancho
Polícia
Assaltantes se escondem em moita após furtarem residência
Polícia
Mulher que levou tiro de ex está em estado grave na Santa Casa
Polícia
Tentativa de feminicídio e suicídio no Carandá
Polícia
Crédito ou débito? Esquema de tráfico vendia drogas no cartão

Mais Lidas

Brasil
Vídeo - Eleição para síndico de condomínio termina em pancadaria
Polícia
Lista com nomes de fugitivos da prisão na fronteira é divulgada
Economia
Mato Grosso do Sul é o maior exportador de tilápia do Brasil
Justiça
Brasil fecha fronteira com Paraguai após fuga de presos neste domingo