Menu
Busca quarta, 22 de maio de 2019
(67) 99647-9098
Polícia

Doleiro Bruno Farina chega ao Brasil

Ele é denunciado na Operação Lava Jato e foi preso no Paraguai

29 dezembro 2018 - 10h53Da Redação

Bruno Farina, doleiro denunciado na Operação Lava Jato no Rio de Janeiro e preso no Paraguai, chegou ao aeroporto de Foz do Iguaçu, no Paraná, por volta das 9h30 deste sábado (29).

O doleiro saiu em um avião que decolou de Assunção, no Paraguai, às 7h do horário local (8h no horário de Brasília). Após chegar em Foz do Iguaçu, ele foi levado para o setor de imigração do aeroporto.

Segundo a Polícia Nacional do Paraguai, Farina deveria ser levado para São Paulo.

O processo de extradição do doleiro, que poderia levar até 40 dias, foi agilizado, de acordo com a polícia do Paraguai. Ele é investigado pela Lava Jato e sócio do "doleiro dos doleiros" Dario Messer.

Extradição voluntária

Segundo o Ministério da Justiça brasileiro, a Corte Suprema de Justiça paraguaia decidiu pela extradição voluntária do doleiro. Na audiência, segundo o ministério, Farina aceitou submeter-se à Justiça brasileira e renunciou a qualquer tipo de apelação.

Fac Feijoada 2019

Deixe seu Comentário

Leia Também

Polícia
Suposto vídeo mostra crueldade em chacina que matou onze
Polícia
Massacre deixa seis mortos na fronteira
Polícia
Homem é preso após espancar companheira grávida
Polícia
Com quatro tiros na cabeça, adolescente morre em escola
Polícia
Em perseguição, PF e PRF apreendem caminhão com cigarros contrabandeados
Polícia
PF faz operação para desarmar índios que disputam aldeia em MS
Polícia
Operação no camelódromo termina com um preso e motos apreendidas
Polícia
PM perde controle de moto, colide em guard rail e morre na MS-157
Polícia
Polícia faz operação no camelódromo da capital
Polícia
Após morte de traficante, PM encontra drogas em matagal

Mais Lidas

Internacional
Peão de MS vence rodeio nos EUA
Polícia
Com quatro tiros na cabeça, adolescente morre em escola
Economia
No “Dia Livre de Impostos”, capital terá cerveja com metade do preço
Polícia
Operação no camelódromo termina com um preso e motos apreendidas