Menu
Busca domingo, 24 de outubro de 2021
(67) 99647-9098
Gov 44 anos
Polícia

Ex-namorado espanca grávida com socos na cabeça durante confraternização

Ela foi defendida pela irmã, que acabou sendo agredida também

18 setembro 2021 - 08h26Marcos Tenório

Durante uma confraternização uma grávida de 18 anos foi espancada na madrugada deste sábado (18), em Três Lagoas que fica a 338 km de Campo Grande. A irmã dela, uma jovem de 21 anos, tentou defende-la e também foi agredida pelo ex-cunhado de 30 anos. 

Segundo informações, as agressões aconteceram quando as irmãs estavam em uma confraternização onde o autor também estava. Conversa vai, conversa vem, e em determinado momento da conversa houve uma divergência entre eles, foi quando o homem começou a espancar a grávida com socos na cabeça. 

A jovem correu e tentou se esconder uma casa para, mas o autor enfurecido foi atrás dela, ele teria quebrado as portas e continuou espancando a grávida, que foi defendida pela irmã, que acabou sendo agredida também. 

Ele teria percebido que testemunhas teriam acionado a polícia, então ele fugiu do local e não foi encontrado. O caso é investigado 

Unica - primavera

Deixe seu Comentário

Leia Também

Polícia
Bêbado, homem é espancado no Danúbio Azul
Polícia
De visita na capital, idoso morre após ser atingido por bala perdida no Panorama
Polícia
Vídeo: Homem é atacado por jacaré enquanto nadava no Lago do Amor
Polícia
Bebê morre durante parto humanizado no Novos Estados
Polícia
Jovem é autuado por maus-tratos
Polícia
Operação na fronteira prende foragidos e apreende armamento de alto poder de destruição
Polícia
Jovem é encaminhado para delegacia ao ser flagrado com maconha
Polícia
Baleado por "Choquinho", homem busca socorro em escola e morre
Polícia
Empresa é autuada em quase R$ 6 mil por transporte de madeira ilegal
Polícia
Motorista morre em acidente na BR-163

Mais Lidas

Vídeos
Tempestade atinge Bodoquena agora
Vídeos
Granizo em Dois Irmãos
Vídeos
Tempestade com granizo atinge Campo Grande agora
Vídeos
Vídeo: Fogo na fiação elétrica deixa funcionário da Energisa preso em uma 'chuva' de faísca