Menu
Busca sábado, 15 de junho de 2019
(67) 99647-9098
Polícia

Filha mata pai com veneno de carrapato em hospital

O caso ocorreu em Natal e a mulher teria injetado o veneno na veia do pai enquanto ele estava no leito

16 janeiro 2019 - 10h33Da redação com G1

Uma mulher matou o próprio pai, aplicando veneno para carrapato na veia da vítima, enquanto o mesmo permanecia internado no Hospital Giselda Trigueiro, na Zona Oeste de Natal. O fato ocorreu na tarde de terça-feira (15) e chocou a região.

Conforme o G1, a polícia militar confirmou o fato, e a acusada alegou que o pai estava muito doente e tomou a decisão de matá-lo para “evitar mais sofrimento”. O homem tinha AIDS e estava internado por complicações da doença.

A polícia militar afirmou que a filha da vítima foi visitar o pai na UTI, levou uma seringa com o veneno de carrapato e injetou a substância no soro do pai. O homem morreu em seguida e ela ficou no hospital. Quando os médicos perceberam o que havia acontecido, acionaram a polícia. A mulher foi presa levada para a Divisão de Homicídios e Proteção a Pessoas (DHPP) para prestar depoimento.

Aos policiais civis, a mulher disse que tomou a decisão de matar o pai para acabar com o sofrimento dele, contudo o homem não a teria pedido que fizesse isso. "Ela disse que sentia o pai sofrendo e, em um ato de desespero, resolveu fazer isso", afirma o delegado Roberto Andrade, que conduziu os trabalhos na cena do crime.

A mulher contou em depoimento que comprou o produto em uma loja de rações e depois foi comprar a seringa. "Ela disse que, no momento em que foi comprar a seringa, ainda pensou em desistir. Mas tomou coragem e foi até o hospital", complementa o delegado.

Quando entrou na UTI, a mulher aproveitou que estava a sós com o pai, com a cortina que separa os leitos fechada, para aplicar o veneno de carrapato no soro. "Os médicos notaram um cheiro da substância, que não era comum ao ambiente. Depois viram a coloração do recipiente do soro mudar e encontraram a seringa no lixo. Logo depois acionaram a polícia", afirma o delegado Roberto Andrade.mulher informou que já teve depressão e que toma remédios em decorrência da doença. O delegado Roberto Andrade diz que ela vai responder na Justiça por homicídio qualificado.

Prefeitura prestação de contas

Deixe seu Comentário

Leia Também

Polícia
Durante encontro amoroso, homem é morto por ex-marido de mulher
Polícia
Ex-secretário morre em acidente na MS-157
Polícia
Tio e sobrinho são mortos a golpes de facão
Polícia
Acadêmica tenta cancelar matrícula, é multada e agride coordenadora
Polícia
Após denúncia de agressão, homem tenta matar esposa
Polícia
Dupla é presa furtando refletores do monumento Maria Fumaça
Polícia
Em uma hora, pistoleiros matam três pessoas na fronteira
Polícia
"Tribunal do crime" teria sido o responsável por execução em Itaporã
Polícia
Homem tem casa invadida e morre executado por tiros e facadas
Polícia
Desesperado, homem registra furto e depois se lembra onde estacionou o carro

Mais Lidas

Polícia
Em uma hora, pistoleiros matam três pessoas na fronteira
Polícia
Tio e sobrinho são mortos a golpes de facão
Brasil
Vídeo – Motorista avança em manifestantes e atropela cinco
Geral
Vídeo - Ajude a encontrar a sanfona do “Tchê Gaúcho”