Menu
Busca segunda, 25 de janeiro de 2021
(67) 99647-9098
Governo Futebol
Polícia

Frigorífico é multado em R$ 10 mil devido a vazamento de amônia

13 funcionários foram intoxicados e precisaram de atendimento médico

23 novembro 2020 - 17h39Matheus Rondon, com informações da assessoria

Nesta segunda-feira (23), equipe da Polícia Militar Ambiental de Cassilândia, autuaram um frigorifico da cidade em R$ 10 mil pelo vazamento de amônia, 13 funcionários foram intoxicados.

No dia 20 deste mês a PMA já havia ido no mesmo local devido a denúncia de vazamento, nesta data foi apurado com responsável pela empresa e testemunhas, que durante a manutenção de equipamentos, acidentalmente ocorrera o vazamento do gás naquela data.

De imediato, os responsáveis teriam adotado as medidas de contenção do vazamento e dispensado aproximadamente 300 funcionários de uma ala de serviço do frigorifico, os quais tinham sido expostos ao gás, no entanto, sem grandes riscos à saúde. 13 funcionários que apresentaram sintomas de intoxicação foram encaminhados para a Santa Casa.Como a empresa estava solucionando os problemas, a PMA somente notificou os responsáveis o saneamento ambiental e atendimento adequado aos funcionários.

Hoje (23), a equipe voltou ao local e verificou que a empresa teria tomado as medidas adequadas no controle relativo aos funcionários expostos e à contenção rápida do gás, porém, depois de todas as avaliações, a PMA multou, mesmo tendo sido tomadas as medidas corretivas ao ambiente no local, pois houve danos à saúde humana, tanto que as pessoas foram atendidas em hospital.
Com base na Lei de Crimes Ambientais (Lei Federal nº 9.605/12/2/1998), os responsáveis também poderão responder por crime culposo de poluição, com pena prevista de seis meses a um ano de detenção.

O auto de infração administrativo (multa inicial) lavrado constitui-se na primeira peça do processo administrativo, que será julgado pelo Instituto de Meio Ambiente de Mato Grosso do Sul (Imasul). Depois da ampla defesa da empresa autuada, o órgão julgador pode acatar, majorar, ou minorar o valor da multa aplicada, dentro do valor mínimo ao máximo previsto no Decreto Federal nº 6.514/22/7/2008, que é de R$ 5.000,00 a R$ 50.000.000,00 (cinquenta milhões).

senar janeiro21

Deixe seu Comentário

Leia Também

Polícia
Marido teria matado esposa com pelo menos 17 disparos após churrasco em família
Polícia
Sem Viagra, idoso tem noite de prazer, mas se recusa a pagar programa e leva facadas
Polícia
Pais viajam e deixam adolescente com deficiência sem água e comida na varanda
Polícia
Marido mata a esposa e depois comete suicídio em MS
Polícia
Homem manda vídeo íntimo com a ex para as filhas dela por vingança
Polícia
Mulher é esfaqueada e fica refém do marido por horas em fazenda no MS
Polícia
Homem furta residência e acaba sendo detido pelos vizinhos da vítima
Polícia
Atrasado, homem com tornezeileira eletrônica tenta fugir de blitz
Polícia
Homem pode pegar até 5 anos de prisão por cortar cachorro com facão
Polícia
Briga entre homens termina com tentativa de homicídio

Mais Lidas

Polícia
Jacaré é capturado dando 'rolê' em cidade de MS
Internacional
Estados Unidos inicia vacinação contra a Covid-19 em Nova York
Polícia
Morador de rua tenta matar desafeto a pauladas no interior do Estado
Polícia
Briga por capacete acaba em tentativa de homicídio