Menu
Busca quinta, 27 de fevereiro de 2020
(67) 99647-9098
tj ms topo
Polícia

Homem é preso por se masturbar e urinar na frente de mulheres

Renato Santos Marques negou as acusações, mas foi preso levado para o 1° Distrito Policial de Dourados

24 janeiro 2020 - 12h11Priscilla Porangaba

Renato Santos Marques, de 35 anos, foi levado para delegacia após se masturbar e importunar mulheres que trabalham em uma farmácia na rua General Osório, nessa tarde de quinta-feira (23), em Dourados.

Segundo informações do boletim de ocorrência, por volta das 15h30 a Polícia Militar (PM) foi acionada e se dirigiu até o local.

Na rua, duas mulheres de 51 e 23 anos, relataram que o acusado estaria em visível estado de embriaguez, gritando descontroladamente e se masturbando na frente da farmácia.

Renato teria ainda urinado na porta do estabelecimento e sumiu. A equipe policial fez buscas e encontrou o acusado na região. Questionado ele negou as acusações, mas ainda assim foi detido e levado para o 1° Distrito Policial de Dourados. Lá ele foi ouvido e liberado.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Polícia
Casal de idosos morre carbonizados após queda de raio
Polícia
Homem furta Carrefour e é abordado pela PM na saída do mercado
Polícia
Homem comete suícidio em assentamento
Polícia
Assaltantes invadem Subway próxima a UFMS
Polícia
Sem aceitar o fim da relação, homem mata ex na frente dos filhos
Polícia
PRF apreende carro de luxo e motorista vai embora de helicóptero particular
Polícia
Homem mata adolescente e leva cabeça decapitada para a mãe da vítima
Polícia
Idoso é multado em R$ 5 mil por manter aves silvestres em cativeiro
Polícia
Trio invade casa, rende família e foge levando caminhonete e joias
Polícia
Jovem vai pular carnaval e tem moto furtada

Mais Lidas

Oportunidade
Prefeitura abre incrições para os cursos gratuitos do Telecentro 2.0
Geral
"Todo ano é a mesma manchete", diz Marquinhos sobre vandalismo no carnaval
Polícia
Casal de idosos morre carbonizados após queda de raio
Internacional
Guia de turismo japonesa pega coronavírus pela 2ª vez