Menu
Busca sábado, 19 de setembro de 2020
(67) 99647-9098
TJMS setembro20
Polícia

Homem joga carro contra carreta e mata os filhos para se vingar da ex

Suspeito foi até a casa da mãe, pegou os meninos, um de 4 e outro de 6 anos, para passar o Dia dos Pais

10 agosto 2020 - 16h10Flávio Veras, com informações do Metrópoles

Duas crianças, de 4 e 6 anos, morreram na tarde do último domingo (9), vítimas de um acidente de trânsito provocado pelo pai, de 56 anos, em Lavrinha, interior de São Paulo. Segundo informações da Polícia Rodoviária Federal (PRF), o homem teria dirigido propositalmente na contramão da Presidente Dutra e acabou atende de frente com uma carreta.

Ainda conforme a PRF, Lucilo Souza Pinto Filho, que foi socorrido em estado grave, teria provocado o acidente da se vingar da mãe das crianças, sua ex-esposa. Com a violência do acidente, o veículo pegou fogo.

“O professor de 59 anos foi encaminhado com ferimentos à Santa Casa da cidade, onde está com escolta policial”, prosseguiu a Secretaria de Segurança Pública (SSPSP), em nota.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Polícia
Vídeo - Armado, prefeito de Rio Verde bate boca com manifestantes
Oportunidade
PMA de Amambai autua infrator em R$ 5,5 mil por desmatamento ilegal
Polícia
Homem usa adolescente de 15 anos para tráfico em carro roubado
Polícia
Cão farejador encontra mala com 15,4 kg de maconha
Polícia
PRF apreende 46,9 Kg de pasta-base de cocaína em Anastácio
Polícia
PMA de Bataguassu autua mulher de 52 anos que provocou incêndio em vegetação
Polícia
Mulher agride funcionária do Carrefour e alega que só fez por "vontade"
Polícia
Após sacar auxílio, mulher é assaltada e perde R$ 1,2 mil
Polícia
Agepan e Detran realização operação contra transporte clandestino
Polícia
Colombiano sobe em poste de energia, cai de uma altura de cinco metros e morre

Mais Lidas

Polícia
Vídeo - Armado, prefeito de Rio Verde bate boca com manifestantes
Fim de Semana
Live deste sábado terá Naiara Azevedo e mais
Oportunidade
PMA de Amambai autua infrator em R$ 5,5 mil por desmatamento ilegal
Geral
Luísa Sonza está sendo processada por suposto ato racista