Menu
Busca quinta, 06 de outubro de 2022
(67) 99647-9098
TJMS outubro22
Polícia

Marquinhos não vai e evita depoimento

Leitores do JD1 já sabiam antecipadamente; notícia trazendo o desfecho foi ao ar hoje às 10h05

21 setembro 2022 - 14h51Brenda Assis e Brenda Leitte

Confirmando o que foi divulgado pelo JD1 na manhã de hoje (21), o ex-prefeito Marquinhos Trad não compareceu a DEAM (Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher) para prestar depoimento sobre o caso de assédio sexual.  

Uma fonte diretamente ligada ao candidato ao governo pelo PSD, afirmou a nossa reportagem que a ‘falta’ de Marquinhos é para ‘não contribuir’ para apressar o inquérito por causa da proximidade do primeiro turno das eleições.

A informação obtida pela redação do JD1 é de que o ex-prefeito teria sido intimado por meio da advogada. Apesar de terem sido notificadas sobre o depoimento, as advogadas responsáveis por acompanhar Marquinhos durante o inquérito também não compareceram na especializada. 

Com a ‘falta’ de Marquinhos e das advogadas, a delegada Rafaela Lobato conversou com a imprensa, explicando que como as investigações correm em segredo de justiça, não seria possível passar maiores informações sobre o andamento do caso.

Manifestação -

A informação de que o ex-prefeito Marquinhos iria até a DEAM para prestar depoimento sobre o inquérito de assédio sexual, levou um grupo de mulheres para as portas da delegacia para uma manifestação por justiça.

A líder do movimento ‘Gritando Por Justiça’, Cleonice Costa Silva, de 55 anos, falou a nossa reportagem que o pedido de justiça vem de muito antes, uma vez que o estado de Mato Grosso do Sul é um dos estados com o maior índice de feminicídio do país. “Nós temos que nos unir. Não estou falando apenas desse grupo, mas sim de todo mundo. O sul-mato-grossense parece estar invisível para esses casos”.

Assista ao vídeo da manifestação:

 

Relembre

No final de julho, quatro mulheres apresentarem denúncia de assédio sexual contra o pré-candidato ao governo do Estado, Marquinhos Trad (PSD), outras supostas vítimas decidiram procurar a Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher. O número cresceu após a divulgação das informações.

JD1 No Celular

Tenha em seu celular o aplicativo do JD1 e acompanhe em tempo real todas as notícias. Para baixar no IOS, clique aqui. E aqui para Android.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Polícia
Caminhoneiro passa mal, cai com veículo em barranco e morre em MS
Polícia
Mulher causa tumulto em unidade de saúde e xinga guardas na Capital
Polícia
Garupa é socorrida após ser atropelada por motorista bêbado na Capital
Polícia
Jovem é preso tentando jogar revólver fora ao ver polícia na Capital
Polícia
PF afirma que não houveram registros de tentativa de fraude no 1º turno
Polícia
Veículos com mais de R$ 130 mil em contrabando são apreendidos em MS
Polícia
Mulher socorrida em estado grave após acidente morre em hospital de MS
Polícia
Idoso morto na Ceará voltava de shopping quando foi atropelado
Polícia
Hóspede de hotel é preso com quase 1t de maconha em MS
Polícia
JD1TV: Pedestre morre após ser atropelado por moto na Ceará

Mais Lidas

Política
Marquinhos quer manter controle da prefeitura
Geral
Sai a lista sêxtupla da OAB
Polícia
JD1TV: Pedestre morre após ser atropelado por moto na Ceará
Polícia
Corpo de homem é encontrado queimado em rua do Nova Lima