Menu
Busca terça, 22 de junho de 2021
(67) 99647-9098
Governo - Feminicidio
Polícia

Jovem com síndrome de down é morto porque queria ir à igreja

O suspeito do crime é o padrasto da vítima; ele teria acertado o jovem com uma furadeira

08 janeiro 2019 - 13h10Da redação

Pedro Henrique Andrade Passos, 19 anos, morreu na segunda-feira (7) depois de discutir com o padrasto que não queria deixa-lo ir à igreja. O caso aconteceu na Vila Kennedy, no Rio de Janeiro.

De acordo com informações da mídia local, Pedro, que é portador de síndrome de down, teria sido atingido por um golpe de furadeira, desferido pelo padrasto. O golpe atingiu o pescoço da vítima.

Pedro chegou a ser socorrido e encaminhado para uma unidade de saúde, mas não resistiu aos ferimentos e morreu. O caso está sendo investigado pela Delegacia de Homicídios. O JD1 Notícias entrou em contato com a delegacia que informou que o nome do acusado está sendo preservado por se tratar, inicialmente, de morte natural.

A Secretaria Municipal de Saúde informou que o corpo do jovem foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML), que determinará a causa da morte.

Senar - square junho21

Deixe seu Comentário

Leia Também

Polícia
Jovem perde R$ 5,9 mil ao comprar iPhone por Instagram hackeado
Polícia
Suspeitos de roubo em supermercado são detidos quando planejavam assaltar joalheria
Polícia
Morto a facadas durante churrasco, foi assassinado por ciúmes de ex
Polícia
Policiais se deparam com loja arrombada e prendem ladrão em flagrante
Polícia
Casal tem carro roubado após anunciar veículo no Facebook
Polícia
Bandido morre após tentar assaltar policial
Polícia
Tráfico: Polícia prende duas pessoas no Jardim Itamaracá
Polícia
Preso por pesca predatória é autuado em quase R$ 2 mil
Polícia
Vídeo: PF segue investigando a morte de 18 animais no Pantanal
Polícia
Em crise de abstinência, jovem joga cadeira na mãe

Mais Lidas

Geral
Foi convocado? Agehab divulga lista de beneficiários para ocupação de imóveis
Polícia
Menina de 11 anos era estuprada pelo pai no trajeto da igreja
Polícia
Bandido morre após tentar assaltar policial
Geral
Morta pelo marido, Lindinalva era professora e deixa dois filhos