Menu
Busca segunda, 19 de outubro de 2020
(67) 99647-9098
Sebrae/mulher
Polícia

Jovem mata o namorado com agulha de narguilé em discussão por pastel

"Havia uma perfuração no mamilo esquerdo, causada no momento em que o casal discutia", afirmou o delegado que cuida do caso

22 setembro 2020 - 12h15Sarah Chaves, com informações do G1

A vida de Adailton Gomes, 24 anos, foi tirada pela namorada Nicole Maria de 19 anos, por causa de um pastel de feira, conforme a polícia. O caso aconteceu em em Aparecida de Goiânia, Goiás.

De acordo com o delegado Eduardo Rodovalho, que investiga o caso, o assassinato foi cometido um uma agulha de narguilé, que é usada para furar o papel alumínio que encobre o carvão e liberar calor para aquecer a essência. “Havia uma perfuração no mamilo esquerdo, causada no momento em que o casal discutia, por causa de um pastel de feira. Parece que eles saíram para comer esse pastel sem ela querer. Ela teria ficado nervosa e eles começaram a discutir. Parece que era uma relação muito imatura”, disse o delegado.

Para a Polícia Civil, Nicole disse que o namorado havia ido para cima dela com um narguilé quebrado e, para se defender, acabou o atingindo. A jovem disse ainda que ficou desesperada na hora, pois não “esperava isso”.

A mãe da vítima, Maria das Graças de Abreu, 46 anos, disse ao G1 que o casal passava maior parte do dia na casa dela, também em Aparecida de Goiânia. Ela disse que Adailton havia ido na manhã do ocorrido à feira com a namorada e as duas irmãs. Após isso, ela conta que o filho voltou a casa da namorada pra buscar a chave da moto que teria esquecido.

“Depois que chegaram da feira, ele foi com as irmãs, de 13 e 16 anos, na casa dela. As meninas ficaram na calçada enquanto ele entrou para pegar a chave. Elas contaram que, depois, a namorada dele saiu correndo gritando que ele estava morrendo, entrou em um carro e saiu”, disse a mãe de Adailton.

Investigação

De acordo com a polícia, a morte aconteceu na tarde de sexta-feira (18), na casa da suspeita, no Setor Village Garavelo. O delegado explicou que o ferimento no peito do companheiro era mínimo e que aguarda conclusão do laudo cadavérico, que deve ficar pronto nesta semana, para confirmar a causa da morte.

O delegado explicou que a suspeita se apresentou fora do período de flagrante. Assim, não foi presa. O Grupo de Investigação de Homicídios, deve ouvir mais testemunhas nesta semana. Só após conclusão do inquérito será decidido se a jovem será responsabilizada e por quais crimes ela poderá responder.

pax nacional

Deixe seu Comentário

Leia Também

Polícia
Susto: passageiros saem ilesos de acidente entre carro e ônibus no centro
Polícia
Receita Federal apreende mais de R$ 1 milhão em espécie
Polícia
Empresa é multada em R$ 5 mil por exploração de madeira
Polícia
Filho acaba preso após agredir e ameaçar mãe de morte
Polícia
Gestante é agredida por homem em bar na Capital
Polícia
Advogado sem CNH e alcoolizado, bate carro e PM morre
Polícia
Policial impede fuga de bandido que invadiu casa no Tijuca
Polícia
Mãe flagra o marido abusando da filha de 12 anos embaixo da coberta
Polícia
Grávida causa tumulto em bar, da tapa em homem e acaba agredida na capital
Polícia
Motorista sem CNH e embriagado, mata policial em acidente e tenta fugir

Mais Lidas

Geral
Energisa rebate Procon e fala em reclamações improcedentes
Internacional
Jovem é presa tentando entrar com dinamite em presídio onde estão membros do PCC
Política
Ibope - Gestão de Marquinhos tem 52% de aprovação e 16% de rejeição
Política
Projeto do marco legal das startups é encaminhado ao Congresso