Menu
Busca domingo, 26 de janeiro de 2020
(67) 99647-9098
Perkal Topo - janeiro-20
Polícia

Motorista de aplicativo é encontrado morto 15 dias após desaparecer

Ivonaldo Miguel pode ter se matado enforcado com o sinto de segurança do carro

20 setembro 2019 - 09h35Priscilla Porangaba

Ivonaldo Miguel Rosa, 44 anos, foi encontrado morto em uma área de pasto no km-322 da BR-262 em Campo Grande, nessa manhã de quinta-feira (19). Ele estava desaparecido há 15 dias.

A equipe da 4ª Delegacia de Polícia Civil esteve no local e segundo as primeiras análises, a morte foi causada devido à asfixia mecânica, que é compatível com suicídio.

Conforme o boletim de ocorrência, o corpo do homem estava suspenso por um cinto em um galho, que havia quebrado. A polícia não conseguiu detectar marcas de violência no corpo dele, que já que estava em estado avançado de putrefação.

O homem vestia calça jeans, camisa social de botão com mangas compridas e sapato social preto. A polícia também não localizou documentos pessoais no local. O caso foi registrado como morte a esclarecer. 

Ivonaldo era técnico de informática e atualmente trabalhava como motorista de aplicativo.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Polícia
Homem é encontrado morto com sinais de espancamento em terreno
Polícia
Casal é preso com mais de R$ 400 mil em celulares e relógios
Polícia
PM de folga mata jovem a tiro em confusão em posto de combustíveis
Polícia
Dupla é presa com 7 kg de cocaína
Polícia
Com arma roubada, trio é abordado por policiais
Polícia
Homem é morto por disparos nas costas de calibre 22
Polícia
Trio é abordado com carros suspeitos em Operação Hórus
Polícia
Vídeo - Casa e carro de deputado estadual são fuzilados por pistoleiros
Polícia
'Operação Laburu' tem 1ª ação no antigo terminal rodoviário da capital
Polícia
Policiais militares impedem tentativa de suicídio

Mais Lidas

Polícia
Homem é encontrado morto com sinais de espancamento em terreno
Esportes
Internacional vence Grêmio nos pênaltis e ganha Copa São Paulo de Juniores
Geral
Bruno Covas recebe alta após 7ª sessão de quimioterapia
Polícia
Casal é preso com mais de R$ 400 mil em celulares e relógios