Menu
Busca domingo, 20 de outubro de 2019
(67) 99647-9098
Governo vitimas
Polícia

Motorista de aplicativo é encontrado morto 15 dias após desaparecer

Ivonaldo Miguel pode ter se matado enforcado com o sinto de segurança do carro

20 setembro 2019 - 09h35Priscilla Porangaba

Ivonaldo Miguel Rosa, 44 anos, foi encontrado morto em uma área de pasto no km-322 da BR-262 em Campo Grande, nessa manhã de quinta-feira (19). Ele estava desaparecido há 15 dias.

A equipe da 4ª Delegacia de Polícia Civil esteve no local e segundo as primeiras análises, a morte foi causada devido à asfixia mecânica, que é compatível com suicídio.

Conforme o boletim de ocorrência, o corpo do homem estava suspenso por um cinto em um galho, que havia quebrado. A polícia não conseguiu detectar marcas de violência no corpo dele, que já que estava em estado avançado de putrefação.

O homem vestia calça jeans, camisa social de botão com mangas compridas e sapato social preto. A polícia também não localizou documentos pessoais no local. O caso foi registrado como morte a esclarecer. 

Ivonaldo era técnico de informática e atualmente trabalhava como motorista de aplicativo.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Polícia
Comerciante é executado na fronteira
Polícia
Suspeito de participar de esquema de falsificação de documentos é preso
Polícia
PMR apreende quase 1,5 tonelada de maconha
Polícia
Mulher pede socorro a polícia após ser esfaqueada pelo marido
Polícia
Presos da PED mantinham roteador de internet e "sky gato" nas celas
Polícia
Falsos policiais invadem casa e homem é agredido a pauladas por atual de ex
Polícia
Carga irregular de 439 celulares Xiaomi, é interceptada pela PRF
Polícia
PMA multa infratora por manter papagaios em cativeiro com asas cortadas
Polícia
PRF apreende veículo conduzido por policial reformado com mercadoria paraguaia
Polícia
Investigados pela PF mantinham base do tráfico em MS

Mais Lidas

Geral
Violeiro Ivo de Souza morre em acidente na BR-163
Brasil
Três militares do Corpo de Bombeiros morreram enquanto tentavam combater incêndio
Esportes
Na capital, Muricy crava Flamengo como campeão do Brasileirão
Polícia
Comerciante é executado na fronteira