Menu
Busca terça, 07 de fevereiro de 2023
(67) 99647-9098
Polícia

MP decide abrir inquérito para apurar denúncia de assédio de diretor contra alunas em MS

Diretor tentava manter contato com a vítima nas redes sociais, seja elogiando ou tentando convidar aluna para sair

13 maio 2022 - 09h37Vinicius Costa
Sebrae Materia

O Ministério Público de Mato Grosso do Sul decidiu abrir um inquérito para apurar denúncias de possível violação de conduta, relacionados a assédio sexual, cometido por Marcos Eduardo Carneiro, diretor da Escola Municipal Efantina de Quadros contra alunas, principalmente uma adolescente, de 15 anos.

O inquérito civil foi instaurado nesta quinta-feira (12) e deve averiguar a fundo a violação de princípios administrativos. O procedimento está sob sigilo, pois envolve menores e a necessidade de proteção da intimidade e das imagens das condutas do investigado.

Quem está a frente do procedimento é o Promotor de Justiça, Paulo Henrique Mendonça de Freitas. Ao site Jornal da Nova, uma possível sanção pode implicar na suspensão dos direitos políticos, a perda da função pública e a indisponibilidade dos bens e o ressarcimento ao erário.

A investigação deve consistir em coletar todas as informações sobre o caso, depoimentos, certidões, perícias e diligências para adequação dos fatos, e caso seja necessário, deflagração de ação civil pública para termo de ajustamento de conduta ou arquivamento de peças de informações.

O Ministério Público pediu para a Prefeitura de Nova Andradina enviar informações sobre possíveis medidas tomadas em relação à conduta do servidor público e o prazo dado é de 10 dias. O mesmo recai para a DAM (Delegacia de Atendimento à Mulher), requisitando informações e providências contra o investigado.

A mãe, a aluna, o investigado e possíveis testemunhas também devem ser ouvidas na 1ª Promotoria de Justiça.

O caso - Os avanços do educador contra a menina aconteciam por meio das redes sociais, onde eles trocavam mensagens desde o início do ano.

Em trecho das conversas, o diretor encaminha uma mensagem afirmando que gostaria de dar uma 'mordidinha' na boca da aluna. "Eu fico olhando a sua foto. Você tem uma boca maravilhosa. Sem maldade, mas dá uma vontade de dar uma mordidinha (risos)".

Tomando conhecimento da situação, a menina repudia a ação do educador e contesta o avanço. "Vixi, pode não irmão". Mesmo assim, Marcos ainda insiste dizendo que "ela é linda mesmo", se referindo a boca da aluna.

Constantes elogios faziam parte dos avanços do diretor para tentar se aproximar da adolescente. Em um dos trechos, datado em 23 de abril deste ano, ele a convida para sair e que seria "quando você quiser e puder. É só me avisar".

Porém, na última segunda-feira (9), a vítima decidiu por um basta na situação para que ela não seguisse adiante. "Diretor, posso te falar uma coisa. Eu fui pegando simpatia com o senhor só para ver até onde você ia com seu caráter. Na moral, mesmo quando eu estudava aí eu te admirava, mas depois que sai sua máscara caiu", esbraveja a adolescente em mensagem encaminhada a Marcos Eduardo.

Por conta do episódio de assédio sexual, o diretor foi afastado de suas funções como informou a Semec (Secretaria Municipal de Educação, Esporte e Cultura), informando que foi aberto um PAD (Procedimento Administrativo Disciplinar) contra Marcos.

Sebrae Materia

Deixe seu Comentário

Leia Também

Polícia
Jovem morre 23 dias após ser baleado em conveniência no Santa Luzia
Polícia
Golpe tenta extorsão de consumidores de pornografia
Polícia
Homem é preso traficando em Sidrolândia
Polícia
Menino de 11 anos é atropelado e arrastado por seis metros em MS
Polícia
Carga de cocaína avaliada em R$ 5 milhões é apreendida na fronteira
Polícia
Operação Lesa Pátria já cumpriu 17 mandados de prisão
Geral
Denúncias de crimes na internet com discurso de ódio crescem em 2022
Cidade
#JustiçaPorSophia domina redes sociais após morte de criança na Capital; assista
Polícia
Carro fica destruído ao atingir poste e motorista em estado grave na Capital
Polícia
Laudo comprova que Isadora foi estuprada antes de ser morta

Mais Lidas

Geral
Melhores do ano CG: especialista alerta para golpe no Instagram
Polícia
JD1TV: Depoimento de motorista de aplicativo desmente relato da mãe de Sophia
Polícia
Polícia fecha boca de fumo e prende quatro envolvidos no Parque Lageado
Polícia
Delegada revela que mãe e padrasto de Sophia planejaram mentir para a polícia