Menu
Busca quarta, 30 de setembro de 2020
(67) 99647-9098
Polícia

Oito animais silvestres são resgatados na capital

A polícia militar ambiental constatou que duas aves e um jabuti estavam com graves ferimentos

06 dezembro 2018 - 11h45Da redação

Policiais Militares Ambientais de Campo Grande resgataram na nesta quarta-feira (5) oito animais silvestres, sendo que três deles estavam com ferimentos graves.

Conforme a polícia, uma ave da espécie curicaca foi resgatada por um morador do bairro Santa Emília com uma das asas fraturadas. Um carcará foi recolhido com as duas pernas quebradas no campus da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS). Já um jabuti foi resgatado pela equipe da PMA na rotatória da coca-cola com o casco quebrado possivelmente por atropelamento.

Todos os animais foram encaminhados ao Centro de Reabilitação de Animais Silvestres (CRAS), os técnicos acompanharão os animais até a possível reintrodução na natureza.

Os militares recolhem e salvam animais diariamente reencaminhando os mesmos ao  CRAS, da cidade.

 

Terra Benta

Deixe seu Comentário

Leia Também

Polícia
PMA autua pecuarista em R$ 10 mil por animais silvestres em cativeiro
Polícia
MS está entre estados brasileiros que mais esclarecem homicídios
Polícia
Vendedora é ameaçada de morte enquanto trabalha
Polícia
Marido bêbado tenta estuprar esposa enquanto dormia
Polícia
Vídeo: PMA fiscaliza 18 embarcações com pescadores no Rio Miranda
Polícia
Três pessoas são presas por tráfico de droga, posse de arma de fogo e munições
Polícia
Mulher é presa após xingar motorista de aplicativo de "preto fedido"
Polícia
Mulher apanha do marido com bebê de 8 meses no colo
Polícia
Em táxi, traficante é preso com cocaína avaliada em R$ 17 mil
Polícia
Jovem é assassinada com oito tiros na Capital

Mais Lidas

Cidade
Vídeo - Famílias perdem tudo em incêndio Noroeste; saiba como ajudar
Cidade
Ação une irmãs do MT e MS em prol de animais do Pantanal
Justiça
Acusado de matar a tia com 24 facadas é condenado a 8 anos de prisão
Polícia
PMA autua pecuarista em R$ 10 mil por animais silvestres em cativeiro