Menu
Menu
Busca sexta, 12 de julho de 2024
Secovi - Julho24
Polícia

Padre é afastado de igreja após oferecer R$ 2 mil para fazer sexo com adolescente

Além de tentar comprar o menor, o pároco teria passado a mão nas partes íntimas do rapaz

08 julho 2024 - 11h24Brenda Assis     atualizado em 08/07/2024 às 11h27

O padre Jucelândio José Do Nascimento, da Paróquia Nossa Senhora Aparecida das Moreninhas, foi afastado das funções a frente da igreja após ser preso em flagrante por passar as mãos nas partes íntimas de um adolescente, de 16 anos, e oferecer R$ 2 mil para transar com ele.

Conforme a nota emitida pela Arquidiocese de Campo Grande, o afastamento aconteceu para que o caso fosse apurado pelas autoridades policiais e também pelo Tribunal Eclesiástico e a Comissão de Proteção de Vulneráveis da Província Eclesiástica da Capital.

“Durante este período de afastamento e no aguardo dos resultados das investigações, será nomeado um Administrador Paroquial para a já mencionada Paróquia”, diz a nota assinada pelo Arcebispo Metropolitano, Dom Dimas Lara Barbosa.

O caso – a Força Tática da Polícia Militar foi acionada pelo pai do menino. O homem contou que seu filho teria saído de casa sem autorização, para ir até a casa do ‘suposto’ padre, localizada na Rua Serra da Canastra.

Ao chegar no endereço indicado, os policiais encontraram o portão do imóvel entre aberto. Ao chamar pelo dono da residência, foram atendidos pelo morador e localizaram o menor escondido dentro de um banheiro.

Para as autoridades, o padre contou que o menino foi até sua casa para falar sobre os assuntos de um acampamento que a paróquia faria. No entanto, o menor contou que o pároco ofereceu R$ 2 mil para ter relações sexuais com ele.

Em continuação, teria ainda tentado passar a mão em suas partes íntimas. Assustado com a situação, correu e se trancou em um dos banheiros do imóvel, ligando para seu pai e contanto o que estava acontecendo.

O suspeito negou ter importunado sexualmente o menor. Ainda assim, ele foi levado para a Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário), onde o caso foi registrado como importunação sexual.

Reportar Erro

Deixe seu Comentário

Leia Também

Caso foi registrado na Depac Cepol
Polícia
Mãe é presa por desacato ao fazer barraco em escola para defender o filho na Capital
Três pessoas ficaram feridas durante o acidente, sendo socorridos pelo Corpo de Bombeiros
Polícia
Caminhonete capota várias vezes após motorista bater em barranco na BR-419
JD1TV - Gado agoniza até morrer de frio em fazenda de Tacuru: 'Tudo morto'
Polícia
JD1TV - Gado agoniza até morrer de frio em fazenda de Tacuru: 'Tudo morto'
Imagem Ilustrativa
Polícia
Funcionário de hotel é morto a facadas em Ponta Porã
Pai é preso por estuprar e matar o filho de apenas 7 meses
Polícia
Pai é preso por estuprar e matar o filho de apenas 7 meses
Caso foi registrado na Depac Cepol
Polícia
Homem pede inquilino sair de casa alugada e é ameaçado de morte no Coophavila II
Homem morre queimado ao acender cigarro no fogão de casa no Nova Lima
Polícia
Homem morre queimado ao acender cigarro no fogão de casa no Nova Lima
Caso foi registrado na Depac Cepol, em Campo Grande
Polícia
Jovem é esfaqueado no pescoço e socorrido em estado grave no Lageado
Mulher usou mensagem em aplicativo de entrega de comida para pedir socorro
Polícia
Vítima de estupro pede socorro por meio de aplicativo de entrega de comida: 'Me ajuda'
Casa pega fogo e fica parcialmente destruída em Corumbá
Polícia
Casa pega fogo e fica parcialmente destruída em Corumbá

Mais Lidas

Tempo amanheceu nublado e característico de frio
Clima
Nova frente fria desembarca em MS trazendo ainda mais instabilidade
O caso foi registrado na Depac Cepol em Campo Grande
Justiça
Juiz determina que Cepol receba flagrantes de tráfico de drogas
Caso foi registrado na Depac Cepol, em Campo Grande
Polícia
Jovem denuncia ameaças sobre cobranças e agiota é preso em Campo Grande
Clima ficará ameno com a passagem da frente fria
Clima
Frio se mantém mesmo com máximas voltando a subir em MS nesta quinta-feira