Menu
Busca domingo, 16 de junho de 2019
(67) 99647-9098
Polícia

Pescador é preso com redes de pesca no Rio Verde

Infrator foi flagrado pela PMA no momento em que armava os petrechos proibidos

04 março 2019 - 17h16Da redação com assessoria

Policiais Militares Ambientais de Três Lagoas realizavam fiscalização fluvial no rio Verde, no município de Água Clara, durante a operação Carnaval e autuaram neste domingo (3), um pescador usando redes de pesca (petrechos proibidos). O infrator foi surpreendido armando os petrechos ilegais, em uma região próxima à Cachoeira Branca, local onde a PMA possui um posto fixo, que estava instalado durante a piracema e que permaneceu nesta abertura da pesca.

O infrator armava os petrechos no momento em que foi detido e, por isso, ainda não havia capturado nenhum peixe. Foram apreendidas duas redes de pesca, um motor de popa e um barco de alumínio,

O pescador, residente em Água Clara, foi autuado administrativamente e multado em R$ 2,5 mil. Ele também responderá por crime ambiental, que prevê pena de um a três anos de detenção.

Trabalhos preventivos estão sendo executados durante a operação carnaval e são fundamentais, pois a retirada desses petrechos evita a depredação dos cardumes. A grande vantagem da fiscalização preventiva é, em princípio, de dissuadir às pessoas da prática de pesca ilegal, ou prender os que insistem em desrespeitar a lei, antes de capturarem grandes quantidades de pescado.

No caso em questão, o elemento poderia depredar cardumes, utilizando-se das redes, que são petrechos com grande capacidade de captura de pescado e, por essa razão, são proibidos no estado, mesmo com a pesca aberta e, no entanto, foi pego no início da pescaria ilegal sem ter capturado nenhum peixe.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Polícia
Jovem é morta a tiros em Ponta Porã e corpo é encontrado em estrada
Polícia
Com cinco mortes em uma semana, órgãos realizam operação em Reserva Indígena
Polícia
Durante encontro amoroso, homem é morto por ex-marido de mulher
Polícia
Ex-secretário morre em acidente na MS-157
Polícia
Tio e sobrinho são mortos a golpes de facão
Polícia
Acadêmica tenta cancelar matrícula, é multada e agride coordenadora
Polícia
Após denúncia de agressão, homem tenta matar esposa
Polícia
Dupla é presa furtando refletores do monumento Maria Fumaça
Polícia
Em uma hora, pistoleiros matam três pessoas na fronteira
Polícia
"Tribunal do crime" teria sido o responsável por execução em Itaporã

Mais Lidas

Polícia
Durante encontro amoroso, homem é morto por ex-marido de mulher
Polícia
Ex-secretário morre em acidente na MS-157
Polícia
Tio e sobrinho são mortos a golpes de facão
Educação
Extrato de pagamento do Bolsa Família terá alerta sobre trabalho infantil