Menu
Menu
Busca sexta, 12 de julho de 2024
Secovi - Julho24
Polícia

PF mira quadrilha que fraudou R$ 10 milhões da Caixa em MS e mais quatro estados

Em Campo Grande, estão sendo cumpridos um mandado de prisão e outro de busca e apreensão

10 julho 2024 - 09h25Luiz Vinicius     atualizado em 10/07/2024 às 12h04
Marcus Cirillo

A Polícia Federal deflagrou a Operação Falso Egídio na manhã desta quarta-feira (10), que busca desarticular uma quadrilha atuante em fraudes a programas de transferência de renda da Caixa Econômica Federal. A atuação levou diversos agentes para Mato Grosso do Sul, Rio de Janeiro, São Paulo, Amazonas e Piauí.

Em Campo Grande, policiais estão cumprindo um mandado de prisão e outro de busca e apreensão. No total, são 11 mandados de prisão temporária e 16 mandados de busca e apreensão expedidos pela 2ª Vara Federal de Niterói, no Rio de Janeiro.

Segundo divulgado em nota pela PF, a investigação começou em abril do ano passado com auxílio da Centralizadora Nacional de Segurança e Prevenção a Fraude da Caixa. No primeiro indício de crime, foi identificado que a quadrilha deixou um prejuízo de R$ 10 milhões em fraudes.

"Durante as investigações, constatou-se a participação de um empregado e duas funcionárias terceirizadas do banco, que foram cooptados pela quadrilha em troca de propina para realizar a liberação do acesso dos criminosos ao aplicativo CAIXA-TEM, que gerencia as contas digitais sociais da instituição financeira e pelo qual são geridos os valores de benefícios sociais, entre eles o Auxílio Emergencial", diz trecho da nota.

Com o acesso liberado, os criminosos se apropriavam das contas digitais sociais de terceiros por meio do aplicativo CAIXA-TEM e desviavam valores oriundos de programas de transferência de renda.

Os investigados abriram diversas contas bancárias em nome de moradores de rua, em clara situação de vulnerabilidade social, para receber vultuosas quantias oriundas das referidas contas. Em seguida, os valores eram transferidos entre os integrantes da quadrilha.

"Uma análise das contas bancárias utilizadas pela organização criminosa levou à conclusão de que as elas foram abertas em nome de terceiros que não tinham conhecimento acerca das fraudes, e eram utilizadas unicamente para abrigar o montante desviados das contas digitais sociais. Em seguida, os valores eram integralmente repassados entre os destinatários finais dos recursos", pontua a PF.

Além do crime de integrar organização criminosa, os investigados responderão pelos crimes de furto qualificado, inserção de dados falsos em sistema de informações e lavagem de dinheiro.

Os mandados estão sendo cumpridos, conforme abaixo:

  • No RJ - 07 MPT e 11 MBA
  • 04 buscas no Rio de Janeiro
  • 02 buscas e 01 prisão em Belford Roxo
  • 02 buscas e 03 prisões em Niterói
  • 03 buscas e 03 prisões em São Gonçalo

Fora do RJ - 04 MPT e 05 MBA

  • Manaus/AM - 02 buscas e 01 prisão
  • Teresina/PI - 01 busca e 01 prisão
  • São Paulo/SP - 01 busca e 01 prisão
  • Campo Grande/MS - 01 busca e 01 prisão

Reportar Erro
Marcus Cirillo

Deixe seu Comentário

Leia Também

Caso foi registrado na Depac Cepol
Polícia
Mãe é presa por desacato ao fazer barraco em escola para defender o filho na Capital
Três pessoas ficaram feridas durante o acidente, sendo socorridos pelo Corpo de Bombeiros
Polícia
Caminhonete capota várias vezes após motorista bater em barranco na BR-419
JD1TV - Gado agoniza até morrer de frio em fazenda de Tacuru: 'Tudo morto'
Polícia
JD1TV - Gado agoniza até morrer de frio em fazenda de Tacuru: 'Tudo morto'
Imagem Ilustrativa
Polícia
Funcionário de hotel é morto a facadas em Ponta Porã
Pai é preso por estuprar e matar o filho de apenas 7 meses
Polícia
Pai é preso por estuprar e matar o filho de apenas 7 meses
Caso foi registrado na Depac Cepol
Polícia
Homem pede inquilino sair de casa alugada e é ameaçado de morte no Coophavila II
Homem morre queimado ao acender cigarro no fogão de casa no Nova Lima
Polícia
Homem morre queimado ao acender cigarro no fogão de casa no Nova Lima
Caso foi registrado na Depac Cepol, em Campo Grande
Polícia
Jovem é esfaqueado no pescoço e socorrido em estado grave no Lageado
Mulher usou mensagem em aplicativo de entrega de comida para pedir socorro
Polícia
Vítima de estupro pede socorro por meio de aplicativo de entrega de comida: 'Me ajuda'
Casa pega fogo e fica parcialmente destruída em Corumbá
Polícia
Casa pega fogo e fica parcialmente destruída em Corumbá

Mais Lidas

Tempo amanheceu nublado e característico de frio
Clima
Nova frente fria desembarca em MS trazendo ainda mais instabilidade
O caso foi registrado na Depac Cepol em Campo Grande
Justiça
Juiz determina que Cepol receba flagrantes de tráfico de drogas
Caso foi registrado na Depac Cepol, em Campo Grande
Polícia
Jovem denuncia ameaças sobre cobranças e agiota é preso em Campo Grande
Clima ficará ameno com a passagem da frente fria
Clima
Frio se mantém mesmo com máximas voltando a subir em MS nesta quinta-feira