Menu
Busca segunda, 10 de agosto de 2020
(67) 99647-9098
Governo 03
Polícia

Polícia do DF investiga se Homem Pateta tem clones no Brasil e no mundo

Principal suspeita é de que um impostor tenha feito um perfil falso parecido com o do primeiro Homem Pateta, que é italiano

02 julho 2020 - 13h05Priscilla Porangaba, com informações da Metrópoles

APolícia Civil do Distrito Federal (PCDF) aprofundou a investigação sobre o caso envolvendo o “Homem Pateta”, perfil das redes sociais acusado de induzir crianças e adolescentes ao suicídio.

A Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente (DPCA) agiu rapidamente e conseguiu preservar o perfil usado pelo suspeito para trocar mensagens ameaçadoras com uma criança brasiliense de 10 anos.

O próximo passo da apuração é identificar de onde partiram as frases, em inglês, enviadas por meio do Instagram. A DPCA recebeu informações repassadas pela Organização Internacional de Polícia Criminal (Interpol) de que o autor do perfil original seria italiano e já estaria preso naquele país.

A suspeita da especializada é de que a pessoa por trás das mensagens trocadas com o garoto seja um clone do “Homem Pateta” italiano.

Os policiais identificaram que dezenas de perfis do personagem foram criados em diversas redes sociais. São páginas que podem ter sido produzidas em qualquer lugar do mundo.

De acordo com fontes policiais ouvidas pela reportagem, estaria ocorrendo um fenômeno parecido com a “Baleia Azul”, espécie de jogo sombrio em que a tarefa final consistia em cometer suicídio. “Na maioria dos casos, são perfis fakes que não têm ligação com o primeiro Homem Pateta, o verdadeiro. Por esse motivo, estamos trabalhando para localizar o assinante desta conta específica usada para entrar em contato com uma criança do DF”.

A DPCA preferiu não se manifestar e manter a investigação sob sigilo.

Ameaças

A família da cirurgiã-dentista Camille Vanini, 36 anos, passou por uma experiência traumática. Tudo começou no último sábado (27), quando o filho dela viu reportagens sobre o Homem Pateta, que estaria incentivando crianças a cometer suicídio.

O garoto de 10 anos, que não tem rede social, pegou o celular da mãe no momento em que ela dormia e, por meio do Instagram de Camille, passou a enviar mensagens a um dos perfis referentes ao personagem.

O homem, que se comunicava em inglês, conversou com a criança. Durante o diálogo, ele dava um tempo para que as respostas fossem enviadas. O suspeito exigia que o menino permanecesse conversando durante o dia todo. Como ficou tarde, a criança acabou dormindo.

A mãe conta que pegou a mensagem no celular e levou um susto. “Estou estudando durante todo o dia, não consegui ver o noticiário. Confesso que não fazia ideia do que era o Homem Pateta. Quando vi que alguém estava mandando mensagem, a primeira reação que tive foi pedir desculpas. Afirmei que o meu filho estava com o celular e que ele não deveria incomodar as pessoas. O grande problema foi quando o homem respondeu”, detalhou Camille.

A família já morou no exterior e todos da casa falam inglês. Foi nesse idioma que mãe e filho se comunicaram com o perfil falso.

O homem, ao ler a justificativa da dentista, enviou uma mensagem ameaçadora: “Deixa ele jogar comigo. Logo depois você o verá morto. Cuide do seu filho ou eu vou fazê-lo se matar”.

Senar - agosto2020

Deixe seu Comentário

Leia Também

Polícia
Após arrumar confusão em boate, carreteiro foge e é preso embriagado
Polícia
Homem joga carro contra carreta e mata os filhos para se vingar da ex
Polícia
Vídeo: Jovem é baleado pela PM e morre no dia do aniversário
Polícia
Separado há 1 ano, homem invade residência, agride e ameaça queimar a ex
Polícia
Adolescente de 14 anos morre esfaqueado após briga em distribuidora de bebidas
Polícia
Hilux carregadacom 1,2 tonelada de maconha e haxixe é apreendida em MS
Polícia
Rapaz de 21 anos esconde quase meia tonelada de maconha, mas acaba preso
Polícia
DOF recupera em MS carro roubado há cinco meses em Brasília
Polícia
No dia dos Pais, filho encontra pai morto debaixo de porta de ferro
Polícia
Briga entre senegaleses termina com um esfaqueado em Campo Grande

Mais Lidas

Política
Vereadores da capital votam cinco Projetos nessa terça
Política
Coronel David solicita testes em massa à agentes da Segurança Pública
Política
Dourados tem nova troca de secretário de Saúde
Política
Vice-prefeita de Inocência morre vítima do coronavírus